F1 – Calor de Bahrain vai cobrar do limite de sete corridas por motor

quinta-feira, 5 de abril de 2018 às 12:25

GP do Bahrain

As equipes terão que lidar com as temperaturas mais altas de pista pela primeira vez este ano no GP do Bahrain deste final de semana.

As condições habituais muito quentes estão previstas no circuito do deserto. A temperatura do ar atingirá 30°C nos três dias. A classificação e a corrida acontecem depois do anoitecer, mas mesmo assim a pista deve estar mais quente do que durante a última corrida na Austrália.

No entanto, isso também significa que as primeiras e terceiras sessões de treinos, que acontecem durante o dia, tendem a ser guias particularmente ruins para a forma da classificação e da corrida.

A Austrália nos deu algumas indicações sobre a sensibilidade à temperatura dos carros deste ano. Valtteri Bottas suspeitava que a Mercedes não fez seus cálculos corretos de resfriamento em Melbourne, o que significava que a temperatura do motor subia muito quando ele seguia de perto outros carros.

Lewis Hamilton relatou o mesmo problema, como fez Lance Stroll da Williams. No caso de Stroll, seu motor ficou sobrecarregado durante os treinos, o que comprometeu seu uso com carga total na corrida.

Como as equipes têm pouco a aprender durante a primeira e terceira sessões de treinos, e não vão querer arriscar prejudicar motores que têm que durar sete corridas, poderemos ver menos carros nos treinos do que o habitual. No ano passado, os pilotos fizeram cerca de 20 voltas cada no primeiro treino e cerca de uma dúzia na terceira sessão.

As temperaturas da pista estavam mais frias na classificação em Melbourne e o clima mais quente esperado no sábado deve dar uma melhor visão para o desempenho dos carros. Em particular, Romain Grosjean acredita que a Haas terá um desempenho melhor em condições mais quentes.

Outro fator climático que poderia desempenhar um papel neste fim de semana é o vento, que pode ocorrer em rajadas fortes na pista do deserto. Em Melbourne, os dois pilotos da Renault informaram que seu carro se sentia particularmente sensível às mudanças no vento.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.