F1 – Brawn prefere pesquisa em vez de truques

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017 às 12:19
Ross Brawn

Ross Brawn

Ross Brawn quer criar um grupo de pesquisa para entender melhor a ultrapassagem e levar a Fórmula 1 para longe de ajudas artificiais, como o Sistema de Redução de Arrasto (DRS).

Em seu novo papel como diretor esportivo, Brawn foi encarregado de ajudar a moldar a direção futura das regras da categoria. Ele descartou qualquer reação direta ao conjunto de regras que deve estrear no GP da Austrália em março e, em vez disso, quer investir em uma melhor compreensão em longo prazo de como melhorar a corrida roda a roda.

“Uma das coisas que eu quero fazer dentro da FOM é criar a capacidade de estudar essas coisas”, disse Brawn à ESPN. “A FOM nunca teve essa capacidade e sempre teve que acatar as opiniões dadas por outras partes”.

Mas Brawn acredita que há uma diferença entre quantidade e qualidade quando se trata de ultrapassagem.

“Eu não sou um grande fã do DRS se for honesto. Ele artificialmente resolveu um problema que não quisemos enfrentar de cabeça. O DRS não tem a qualidade ou o mérito de uma manobra de ultrapassagem completa, o fato de que você pode pressionar um botão e passar quase significa que nunca vemos aquelas manobras completas .Nós não sabemos quando houve uma ultrapassagem realmente de qualidade, porque são todas feitas por botões”.

“Há alguns momentos em que às vezes isso acontece e você pensa: ‘Nossa, isso foi ótimo’ porque você sabe que não foi o DRS e sim alguém que mergulhou por dentro de uma curva ou algo assim”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.