F1 – Brawn: McLaren teve que abandonar a Honda para melhorar

Renault e McLaren

Ross Brawn diz que a McLaren fez a escolha certa ao parar de usar os motores Honda e mudar para a Renault. A equipe sofreu três anos difíceis com a Honda de 2015 a 2017, mas deu grandes passos em 2019, em seu segundo ano com as unidades de potência da Renault.

Brawn acredita que a McLaren usou a então pouca potência do motor da Honda como desculpa para outros problemas com o carro, e ao mudar para a Renault eles puderam ver que havia problemas maiores.

É por isso que o ex-chefe da Ferrari e da Mercedes acha que fizeram a escolha certa, apesar das melhorias da Honda nos últimos dois anos, com a Red Bull mostrando que pode ser competitiva, já que Max Verstappen conquistou três vitórias em 2019.

Brawn disse ao jornal italiano La Gazzetto dello Sport: “As pessoas agora dizem que cometeram um grande erro ao parar a cooperação com a Honda, mas eu acho estranhamente que eles precisavam disso para ver que tinham que fazer algumas mudanças na equipe”.

“Eles constantemente culpavam a Honda e eu acho que agora eles vêem que isso não estava certo. Livrando-se da Honda e obtendo um ponto de referência (com o motor Renault), eles puderam ver que também tinham que melhorar algo dentro da equipe”, prosseguiu.

“Eu não saberia como chegariam a essa conclusão a não ser colocando outro motor na traseira do carro, com o qual outra equipe estivesse se saindo bem”, concluiu o diretor esportivo da Fórmula 1.

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.