F1 – Brawn ameaça deixar a Mercedes

Ross Brawn

Conteúdo patrocinado por: selopatrocinio

Ross Brawn ameaçou deixar a Mercedes se não receber uma garantia de que seu cargo de chefe da equipe está seguro.

“Acho que precisamos de uma definição muito clara a respeito de quem está no comando, e, obviamente, eu preciso da motivação para continuar”, declarou Brawn em Suzuka. “Qualquer equipe de Fórmula 1 bem sucedida precisa ter uma referência, essa é a grande questão. Temos de garantir que eu seja essa referência se eu continuar aqui”.

Em meio aos rumores de que Brawn poderia estar olhando na direção de McLaren e Honda, ele também deixou a porta aberta para uma troca de equipe. Ao ser questionado se abandonará a Fórmula 1 se a Mercedes não lhe der a resposta que quer, ele respondeu: “Não necessariamente abandonar a categoria”.

Os comentários de Brawn estão de acordo com os mais recentes rumores vindos da McLaren. A equipe britânica afirmou que não vai parar depois de contratar Peter Prodromou, chefe de aerodinâmica da Red Bull.

“Isso (a contratação) não é algo isolado”, declarou Jonathan Neale, diretor de gerenciamento. “Há outras coisas que vamos fazer visando fortalecer a equipe. É uma série de coisas visando 2015 e a Honda para garantir que estejamos no caminho das vitórias”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.