F1 – Brawn acha altamente improvável um pódio para equipes do meio-campo

quarta-feira, 18 de abril de 2018 às 12:20

Largada GP do Bahrain

O chefe de Fórmula 1, Ross Brawn, diz que “parece altamente improvável” que qualquer uma das equipes do meio-campo possa disputar uma vaga no pódio devido à diferença de desempenho entre as três equipes Mercedes, Ferrari e Red Bull comparadas com o resto.

O diretor esportivo da F1 enfatizou suas preocupações com a diferença de velocidade no grid de 2018, tendo visto efetivamente duas corridas separadas disputadas no GP da China entre as três equipes principais e o resto do pelotão.

Embora Brawn tenha gostado de ver a luta competitiva na frente, o ex-chefe da Ferrari e da Mercedes acha que a diferença para o resto da F1 é muito grande, com todas as três equipes capazes de abrir um tempo, que permite um pitstop, antes de ser alcançadas por suas rivais de meio-campo durante as primeiras voltas na corrida chinesa.

“Como foi o caso no Bahrain e novamente na China, a diferença entre as três primeiras e o resto do pelotão era grande demais”, disse Brawn. “Na volta 16, antes dos pitstops, a diferença do líder Sebastian Vettel para o sétimo colocado Kevin Magnussen foi de mais de 35 segundos, com o dinamarquês já atrás de Daniel Ricciardo, o próximo homem na frente, em 20 segundos”.

“O safety car misturou as coisas, mas não o suficiente para ver um piloto do segundo grupo se juntar à luta por lugares no pódio”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.