F1 – Bernie tinha medo de perder o controle

segunda-feira, 14 de abril de 2014 às 16:12

Bernie Ecclestone

Os promotores de Munique acreditam que o chefe da F1, Bernie Ecclestone teria subornado o banqueiro alemão porque estava com medo de perder o controle sobre a categoria.

As acusações divulgadas nesta segunda-feira alegam que Ecclestone pagou ao banqueiro Gerhard Gribkowsky cerca de 44 milhões de dólares para que a Formula One Group fosse vendida a um comprador aceitável por Ecclestone.

Gribkowsky foi o responsável pela venda da participação da BayernLB de 47 por cento na F1 para a CVC Capital Partners, em 2005. Ele já foi considerado culpado de corrupção, evasão fiscal e abuso de confiança e está cumprindo uma sentença de oito anos e meio de prisão.

O julgamento de Ecclestone está marcado para iniciar dia 24 de abril, em Munique. Ecclestone admitiu durante o julgamento de Gribkowsky que fez o pagamento para evitar ser delatado pelo banqueiro para as autoridades sobre seus assuntos fiscais.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.