F1 – Bernie Ecclestone: “Equipes grandes devem fazer sacrifícios”

sábado, 1 de novembro de 2014 às 21:40

Bernie Ecclestone

Bernie Ecclestone disse que equipes grandes da F1 vão ter de fazer sacrifícios para resolver a crise de custos, e admitiu que estruturas financeiras que ele tinha implantado estavam erradas.

Numa confissão surpresa, disse que os acordos comerciais feitos com as equipes haviam contribuído para os atuais problemas da F1 e que só a intervenção das grandes equipes poderia ajudá-lo.

“O problema é que há muito dinheiro sendo distribuído provavelmente mal – provavelmente por minha culpa”, disse Ecclestone. “Mas, como muitos acordos feitos, parecia uma boa ideia naquele momento”.

Quando perguntado se ele lamentou os acordos em questão, ele respondeu: “Se a empresa pertencesse a mim, eu teria feito as coisas de uma maneira diferente, porque seria com o meu dinheiro que estaria lidando. Mas eu trabalho para pessoas que estão no negócio para ganhar dinheiro”.

Uma ideia sugerida por Ecclestone é para as grandes equipes contribuírem com uma parcela de seu prêmio em dinheiro para um fundo para as equipes menores.

No entanto, Ecclestone admite que a obtenção de tal fundo não fosse fácil porque as regras permitem que as equipes de F1 bloqueiem tais mudanças.

Ecclestone negou que houvesse uma ameaça de boicote nesta temporada, apesar de Bob Fernley da Force India sugerir várias vezes que era uma opção.

“Esqueça toda essa baboseira”, disse Ecclestone. “Eu prometo que vão correr. Eles vão correr, eu lhe dou uma garantia, mas me preocupo se eles correrão no próximo ano”.

Ele também minimizou a possibilidade de equipes de três carros.

“Esqueça os terceiros carros”, disse ele. “Ninguém está conseguindo pagar dois carros”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.