F1 – Berger: Red Bull ainda negocia com a Mercedes

Gerhard Berger

Gerhard Berger sugere que a Red Bull ainda poderá contar com motores Mercedes, mesmo que a marca alemã já tenha descartado publicamente esta possibilidade. A ameaça da fabricante de bebibas energéticas de retirar suas duas equipes da Fórmula 1 fazem com que Bernie Ecclestone volte a interferir na questão.

Berger, historicamente próximo à Red Bull, disse à TV alemã Sky: “Para mim é muito claro: a pessoa encarregada da F1 é obrigada a dizer que ‘Não pode ser que a nossa melhor equipe, que foi campeã mundial quatro vezes, deva considerar estar atrás das outras por um terceiro ano só por causa do motor’.”

Os dirigentes Christian Horner e Dr. Helmut Marko foram vistos participando de reuniões com a Ferrari em Suzuka, no sábado. Mas a Mercedes também pode ter novas chances.

“Sáo idas e vindas”, afirmou Berger, que é próximo de seu compatriota austríaco Dietrich Mateschitz, dono da Red Bull. “Eu não posso dizer como estão as discussões no momento, apenas que Helmut Marko é o novo melhor amigo de Toto Wolff (chefe da Mercedes)”.

Berger também rejeitou a teoria de que a Red Bull está apenas recebendo o que merece, após ter criticado tão duramente a parceira Renault nos dois últimos anos. “A Red Bull é tetracampeã mundial e eu diria que eles ainda são a melhor equipe”, opinou.

“Estar agora em uma situação onde eles têm que procurar desesperadamente um motor competitivo é intolerável”, acrescentou Berger. “E eu acho que está absolutamente certo que a Red Bull diga que não aceita qualquer motor versão B”.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.