F1 – Barrichello: A ciência deve decidir o projeto de cockpit fechado

sexta-feira, 7 de agosto de 2015 às 14:24

Rubens Barrichello em Imola em 1994

Rubens Barrichello, ex-piloto da Ferrari, disse que só a ciência deve ser usada como evidência para impor o uso de cockpits fechados na F1.

Barrichello, de 43 anos, que ganhou 11 corridas em 322 largadas, diz que depende dos especialistas decidirem, quando os dados de testes de colisão provarem, que um cockpit fechado seria mais seguro que um projeto aberto.

“Só a ciência pode nos mostrar o que é certo e o que é errado”, disse Barrichello. “A F1 sempre teve cockpits abertos, e nós vamos ter pessoas reclamando e pessoas pensando que está tudo bem em continuar”.

“Na verdade, o automobilismo nunca vai ser seguro. Mas se temos um veículo de recuperação na pista, você pode ter um cockpit feito com qualquer outra coisa – você ainda vai se machucar”.

“Mas se bater onde os carros devem bater, com as novas pistas de corrida, há muita segurança. Mas apenas testes de colisão e a ciência podem provar uma coisa ou outra”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.