F1 – Arrivabene: Demissão de Raikkonen foi “minha decisão”

Maurizio Arrivabene e Kimi Raikkonen

Maurizio Arrivabene diz que a decisão de demitir Kimi Raikkonen foi dele.

Alguns acreditam que a mudança, com Raikkonen sendo substituído pelo jovem Charles Leclerc no próximo ano, na verdade foi decidida por Sergio Marchionne, ex-presidente da Ferrari, antes de sua morte em julho.

Entretanto, Arrivabene, chefe da Ferrari, declarou à Sky: “Foi uma decisão minha”.

Ele afirmou que teve o apoio do novo gerenciamento da Ferrari, incluindo Louis Camilleri e John Elkann.

“Eles compreenderam a lógica por trás da decisão, mas fui eu quem a tomei”, insistiu Arrivabene.

O italiano admitiu que foi difícil dar a notícia a Raikkonen.

“Para mim, Kimi também é um amigo, então você pode imaginar como foi desolador contar a ele. Os pilotos são tão humanos quanto eu, mas em situações assim, eles são tratados como profissionais”.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP do México de Formula 1 no próximo domingo!

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.