F1 – Arrivabene: Decisão de uma parada foi feita antes da corrida

segunda-feira, 24 de agosto de 2015 às 15:29

Ferrari

Maurizio Arrivabene insiste em que a decisão de Sebastian Vettel fazer uma estratégia de uma parada em Spa foi baseada em dados sólidos, e foi tomada antes da corrida.

A Ferrari foi criticada por fazer um segundo stint longo com pneus médios, que terminou com o estouro do pneu de Vettel com menos de duas voltas para o final.

“Foi a nossa estratégia, o Plano A”, disse ele. “Eu quero dizer que era o principal plano antes da corrida, e nós decidimos isto às 11 horas da manhã. Precisamente. E normalmente quando você define a estratégia, durante a reunião, ela se baseia em dados que você tem em mãos”.

Arrivabene insistiu que não havia nenhum risco associado com a estratégia.

“Quando você está a uma volta e meia e pode ver a terceira posição no pódio e a perde de repente, é claro que estamos desapontados, este é o ponto. Mas eu digo que a estratégia normalmente, mesmo sendo agressiva, é baseada em dados claros que você tem. Você não é tão estúpido ou tão louco de assumir um risco para o piloto, se não ler muito bem os dados. Não se preocupe, o trabalho estava correto, o nosso trabalho”.

Ele acrescentou que a Pirelli sabia sobre a decisão da estratégia: “Nós temos um engenheiro, todas as equipes têm um engenheiro da Pirelli – e o que você acha que o engenheiro está fazendo? Quero dizer, ele não está lá para mastigar gomas de mascar. Está lá para verificar os pneus, para acompanhar todas as saídas que você está fazendo, e para fornecer os dados para a equipe”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.