F1 – Alonso se junta aos punidos por troca de motor na Rússia

sexta-feira, 28 de setembro de 2018 às 10:06

Fernando Alonso

Fernando Alonso se juntou aos pilotos que largarão no fim do grid no GP da Rússia de 2018 após trocar múltiplos elementos da unidade de potência.

Já se sabia que as duplas de Red Bull e Toro Rosso teriam partes novas, com os pilotos da equipe principal voltando a utilizar a especificação B do motor Renault.

Esses quatro pilotos e Alonso alinharão no grid na ordem em que os novos elementos foram usados pela primeira vez na pista.

Isso resultou em uma corrida entre eles para ver quem chegaria primeiro à saída do pitlane no começo do primeiro treino livre na sexta-feira.

A disputa foi vencida por Lando Norris, que guiou o carro de Alonso no TL1 e assegurou a 16ª posição no grid de largada para seu companheiro de equipe no domingo.

Daniel Ricciardo, Max Verstappen, Pierre Gasly e Brendon Hartley seguiram Norris nessa ordem e largarão em 17º, 18º, 19º e 20º se não houver mais nenhuma punição adicional.

Todos os cinco pilotos trocaram o motor de combustão interna, turbo, MGU-H e MGU-K. Verstappen, Alonso e Hartley também têm um novo controle eletrônico, enquanto o holandês e o espanhol trocaram o armazenamento de energia.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP da Rússia de Formula 1 no próximo domingo!

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.