F1 – Alonso: “McLaren entrou em contato comigo há um ano”

Fernando Alonso

Fernando Alonso disse que a McLaren-Honda fez contato com ele há mais de um ano e que a perseverança da equipe e a determinação em contratá-lo foi um dos principais fatores por trás de sua decisão de voltar para Woking.

“Eu estou entrando nesse projeto com enorme entusiasmo e determinação, sabendo que isso pode exigir algum tempo para alcançar os resultados que estamos buscando, o que não é problema para mim”, disse Alonso. “Durante o ano passado recebi várias propostas, algumas delas realmente tentadoras, dado o desempenho atual de algumas das equipes que mostraram interesse”.

“Mas, mais do que um ano atrás, a McLaren-Honda entrou em contato comigo e me pediu para participar, de uma forma muito ativa, no retorno de sua parceria – uma parceria que dominou a cena da F1 por tanto tempo”.

“Eu já tive conversações com todas as pessoas importantes, tanto na McLaren e Honda, vi suas instalações fantásticas, no Reino Unido e no Japão, e ficou claro para mim que, juntos, a McLaren e Honda estão em processo de início do que certamente será uma parceria longa e bem sucedida. E pretendo dar 100 por cento de esforço para ajudar a torná-la exatamente isso”.

Alonso também acrescentou que a perspectiva de pilotar um McLaren-Honda era algo que ele não podia deixar passar.

“Eu nunca escondi a minha profunda admiração por Ayrton Senna, meu piloto favorito, meu ídolo na pista, minha referência”, explicou. “Uma das parcerias mais lendárias da história da F1, a McLaren-Honda, o carro que Ayrton dirigia, a mesma parceria na qual estou agora tendo a honra de participar”.

“Deixe a lenda retornar: esse é o nosso desafio”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.