F1 – Alonso diz que a Ferrari considerou largar do pitlane

sábado, 1 de novembro de 2014 às 20:40

Fernando Alonso

Fernando Alonso revelou que a Ferrari considerou fortemente tomar uma penalidade por troca de motor e largar no GP dos Estados Unidos do pitlane.

Qualquer piloto que usar uma sexta unidade de potência na temporada tomaria uma penalidade, com Sebastian Vettel e Red Bull optando por fazê-lo em Austin depois que se tornou inevitável que iriam exceder o número permitido de motores em algum momento nas corridas finais.

Alonso disse que a Ferrari está numa posição semelhante, mas deve ser capaz de fazer as corridas restantes, utilizando-se de componentes mais antigos.

“Nós estávamos alguns décimos atrás por causa do motor, porque tivemos algumas limitações após a falha do motor em Monza”, disse ele depois de se classificar em sexto em Austin.

“Na verdade nós estávamos discutindo na semana passada em usar o sexto motor e largar do pitlane como a Red Bull vai fazer, ou usar um motor muito antigo com um pouco menos potência, mas pelo menos não teríamos necessidade de recuperar posições. Escolhemos a segunda opção, então provavelmente estaremos perdendo um pouco de desempenho aqui e ali”.

Perguntado se achava que poderia passar pelas três últimas corridas dentro do limite de cinco motores, Alonso disse que a Ferrari estava focada e priorizando o final em Abu Dhabi.

“Estamos fazendo todas essas coisas para não usar o sexto motor”, disse ele. “Se conseguirmos aqui e no Brasil, então não devemos ter uma penalidade em Abu Dhabi, que é a pontuação dupla. Nós temos um motor melhor disponível. Precisamos colocar o melhor em Abu Dhabi, por isso vamos administrar estas corridas”.

“Eu acho que nós vamos ficar bem. Provavelmente perdemos hoje por causa da potência, mas ainda estou na minha posição normal de sexto lugar. Prefiro largar em sexto, alguns décimos atrás por causa da potência, em vez de começar na parte de trás”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.