F1 – Alonso bateu no muro a 105 km/h, segundo relatos

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 às 14:11

Batida de Fernando Alonso em Barcelona

Fernando Alonso bateu na parede a 105 quilômetros por hora no último domingo.

Essa foi a afirmação nesta sexta-feira do Auto Motor und Sport da Alemanha, enquanto continua o grande mistério e controvérsia em torno do bizarro acidente do espanhol.

Muitos estão olhando na direção da McLaren-Honda, perguntando se a equipe está sendo defensiva, a fim de proteger a si mesmo ou ao seu piloto estrela.

Por exemplo, quando Ron Dennis se dirigia à repórteres na quinta-feira, ele não apresentou qualquer vídeo, dados médicos ou de telemetria para sustentar a história oficial.

Felipe Massa, no entanto, rebateu as conspirações.

“Por que a McLaren mentiria?” disse o brasileiro. “Eles sabem perfeitamente bem que a investigação da FIA vai revelar tudo”.

O maior mistério é como um acidente aparentemente pequeno, causando poucos danos visíveis para o MP4-30, poderia ter machucado Alonso a tal ponto que ele desmaiou, ficou com amnésia e precisou de quatro dias no hospital.

Não só isso, ele está fora dos testes em Barcelona desta semana e ainda está em dúvida para o GP da Austrália em duas semanas.

A McLaren pode não ter divulgado provas de telemetria, mas os dados do GPS do acidente surgiram agora.

A Auto Motor und Sport disse que a velocidade da batida de Alonso foi calculada com base em informações do GPS das equipes rivais, mostrando que o piloto perdeu o controle na curva 3 a apenas 135 km/h, muito mais lento do que se estivesse no limite.

Ele bateu no muro a 105 km/h, acrescentou a notícia.

O relato também afirmou que o primeiro impacto foi gravado com 31 G no carro, mas apenas 16 G no acelerômetro localizado no ouvido de Alonso.

E Auto Motor und Sport continuou: “O capacete de Alonso parecia novo, como se tivesse saído direto da caixa. Não havia um único arranhão”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.