F1 – Alfa Romeo vai apelar contra punições no GP da Alemanha

Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi

A Alfa Romeo confirmou que dará prosseguimento ao apelo contra as punições que Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi sofreram no GP da Alemanha.

Os pilotos da equipe caíram de sétimo e oitavo para 12º e 13º em Hockenheim após serem penalizados em 30 segundos por violarem o regulamento das embreagens da Fórmula 1.

Os comissários da FIA determinaram que as embreagens de ambos os carros operaram de uma maneira que potencialmente deu uma vantagem aos pilotos na relargada parada depois das voltas de formação atrás do safety car.

No momento em que a punição foi aplicada, Frederic Vasseur, chefe da Alfa Romeo, alegou que a situação das embreagens ocorreu devido a algo fora do controle da equipe e que havia “evidências” que poderia reverter o veredicto.

Ele disse: “A situação surgiu durante as voltas que passamos atrás do safety car antes da largada parada – nós sofremos uma disfunção da embreagem que estava além do nosso controle e vamos investigar melhor o problema”.

“Nós respeitamos o processo da FIA e o trabalho dos comissários, mas vamos apelar contra essa decisão porque acreditamos que temos base e evidências para reverter isso. Entraremos em contato com a FIA sobre esse assunto em breve”.

Tendo submetido uma notificação do apelo no domingo à noite após a prova de Hockenheim, a equipe confirmou antes do GP da Hungria que já enviou os papéis confirmando que dará prosseguimento ao caso.

Uma curta declaração no Twitter afirmou: “A Alfa Romeo Racing submeteu um apelo contra as decisões nº 56 e 57 dos comissários no GP da Alemanha de 2019”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.