F1 – Abu Dhabi nega relatos de compra da Toro Rosso

s_buemi.01Abu Dhabi confirmou conversas com a Red Bull, mas negou que estaria tentando comprar a Toro Rosso, segunda equipe da companhia de bebidas energéticas na Fórmula 1.

Um jornal espanhol relatou nesta semana que a Aabar, já proprietária parcial da equipe Mercedes, estaria tentando comprar uma segunda equipe por meio de sua Companhia Internacional de Investimento em Petróleo (IPIC) e da marca espanhola de lubrificantes Cepsa.

O chefe da IPIC, Khadem Abdulla Al Qubaisi, esteve presente nos GPs da Espanha e Mônaco. Em uma declaração divulgada na quarta-feira, a Aabar, de propriedade do governo de Abu Dhabi, admitiu que está “avaliando opções de um projeto potencial baseado na cooperação com a Red Bull, da Áustria”.

“Essas conversas estão relacionadas a possíveis atividades conjuntas entre os projetos corporativos da Red Bull e Abu Dhabi – elas não incluem as equipes de Fórmula 1 da Red Bull e nem os negócios de bebidas da companhia”, insistiu a Aabar. A declaração também disse que a Aabar tem “um compromisso firme e duradouro como acionista com 40 por cento de controle da Mercedes GP”.

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.