F1 – Abiteboul: Ainda é difícil ter uma leitura correta dos pneus

terça-feira, 29 de maio de 2018 às 12:15

Renault

Cyril Abiteboul, da Renault, disse que a equipe francesa precisa melhorar sua compreensão sobre os pneus depois que ambos os pilotos tiveram dificuldades com seus respectivos compostos no GP de Mônaco de domingo.

A Renault marcou dois pontos no Principado, com Nico Hulkenberg voltando para casa em P8, enquanto Carlos Sainz completou o Top 10.

Enquanto o primeiro estava satisfeito com seu resultado, o último ficou frustrado com a estratégia da equipe, questionando sua decisão de instalar o composto ultra macio durante seu pit stop com 62 voltas a fazer.

Em retrospectiva, o espanhol acreditava que sua equipe deveria ter ido para o pneu super macio, mas Abiteboul discordou.

“Foi uma corrida muito difícil para ele, ele também teve que deixar Nico passar, para que Nico pudesse executar sua corrida, disse Abiteboul.

“Vimos novamente que é difícil ler esses pneus – parecia que teríamos uma corrida muito difícil com o Nico e, de repente, os pneus voltaram à vida”, acrescentou.

A equipe francesa consolidou sua quarta colocação na classificação de Construtores sobre a McLaren, mas a Abiteboul insiste que os pneus são um problema que a equipe precisa superar o mais rápido possível.

“Apesar de ser um resultado muito melhor do que no ano passado em Mônaco, não fomos tão competitivos quanto as corridas recentes e mais trabalho precisa ser feito para a gestão e o entendimento dos pneus”.

“Na situação atual, é quase melhor começar em P11 e ter uma escolha de pneus livre do que começar no Top 10 com os pneus de classificação”.

“Claramente algumas equipes à nossa frente conseguem fazê-lo funcionar, então é possível”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.