Chefe de Valência acusado de crimes por GP de F1

sexta-feira, 10 de maio de 2019 às 15:19

GP da Europa em Valencia

O homem no comando da antiga corrida de F1 em Valência, na Espanha, foi indiciado em um tribunal.

Um juiz considerou que existem provas “consistentes” de que o ex-presidente de Valência, Francisco Camps, esteve envolvido em desvio de fundos, suborno e falsificação de documentos relacionados com a construção da pista de F1.

Valência recebeu a Fórmula 1 por cinco anos consecutivos até 2012.

Camps é apenas uma das 16 pessoas que serão processadas da mesma forma, informa a agência de notícias EFE.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.