Caterham: Pilotos de F1 que se recusam a colaborar são “quase irresponsáveis”

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013 às 16:29

Cyril Abiteboul

O chefe da Caterham Cyril Abiteboul disse que pilotos de F1 que não ajudam a trazer patrocínios para as equipes são “quase irresponsáveis”.

Ele enfatizou que não estava exigindo que todos os pilotos de F1 paguem por seus assentos, mas reconhece que os pilotos têm o dever de ajudar às suas equipes no clima econômico atual.

“Para mim, os pilotos são uma ajuda extra para enxergar as oportunidades comerciais que possam ser concretizadas tanto por eles quanto por nós”, disse Abiteboul.

“Não é porque você tem pilotos pagantes ou não pagantes”.

“Alguns pilotos tornam isto muito público – e isto nos incomoda – porque eles não irão contribuir de alguma forma, o que honestamente eu não gosto, porque todos estamos colaborando”.

“Quase todos os pilotos têm o sentimento de que deve haver algum meio de colaborar além das suas funções esportivas”.

“É por isso quando pilotos dizem ‘eu não sou um piloto pagante, eu não quero ser um desses’ é quase irresponsável, porque estamos investindo um dinheiro enorme para agregar valor em torno dessas pessoas e em torno desses pilotos”.

“Então, para mim, é justo pilotos colaborarem, não [necessariamente] uma contribuição financeira, mas, pelo menos, ajudar e criar oportunidades para as equipes gerarem valor”.

“É um pouco mais complexo do que as pessoas às vezes tendem a resumir. Sim, vamos esperar que pilotos ajudem, mas não necessariamente trazendo dinheiro”.

 

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.