Carros elétricos complicam o futuro da Honda na F1

Red Bull-Honda

A Honda está conversando com a Red Bull sobre estender seu futuro na Fórmula 1 após 2021, mas a pressão financeira que a companhia vem sofrendo devido à eletrificação dos carros de rua complica sua situação.

Restrições regulamentares quanto ao número e tipo de carros movidos a petróleo e diesel que podem ser vendidos estão mudando as condições de negócios para as fabricantes de automóveis.

A legislação está obrigando que elas produzam veículos elétricos, onde o investimento necessário é muito maior e as margens de lucro bem menores. Além disso, governos do mundo todo estão tentando proibir a venda de novos carros com motores a petróleo, diesel e híbridos no máximo até 2040.

Atualmente, a Honda só está comprometida com a F1 até o fim do próximo ano, tendo estendido seu contrato com Red Bull e Alpha Tauri por uma única temporada.

A companhia admitiu que o principal problema cercando seu futuro não são os resultados alcançados na F1, mas como questões mais amplas do mercado global de carros afetam suas finanças.

“Nós estamos conversando com a Red Bull sobre a continuidade depois de 2021”, declarou Masashi Yamamoto, diretor de gerenciamento da Honda na F1, ao site Autosport.

“Mas a outra coisa que temos de considerar é que toda a indústria automotiva está enfrentando uma situação muito difícil por causa da eletrificação. Muitas companhias têm de investir bastante, então nós precisamos pensar no lado dos negócios e com quanta eficiência podemos executar o programa. Esse é o ponto”.

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.