Button revela sua motivação para permanecer na Fórmula 1

quarta-feira, 16 de setembro de 2015 às 15:53

Jenson Button

Jenson Button diz que um traço de egoísmo em sua personalidade é parte da razão pela qual ele fica motivado para permanecer na F1 em meio a dificuldades recentes da McLaren.

Button está em sua 16ª temporada na F1 este ano, mas tem o seu menor número de pontos desde 2008, enquanto a nova fornecedora de motores Honda se esforça para ter desempenho. A McLaren ainda tem de confirmar Button como um dos seus pilotos para 2016, com especulações que Kevin Magnussen, reserva da equipe, ou Stoffel Vandoorne, piloto de testes e líder do campeonato GP2, poderiam substituí-lo.

Ano passado, Button esteve ligado a um assento no Campeonato Mundial de Endurance, mas ele não acredita que agora seja o momento certo para deixar a F1.

“Toda a minha vida tem sido sobre estar no pódio”, disse Button. “Quando estava no kart, era olhar para as outras crianças e saber que o meu troféu era maior do que o deles. Esse foi o tipo de coisa que fiz durante 27 anos da minha vida. É apenas uma mudança (deixar a F1), e esta mudança vai acontecer, mas você tem que saber quando é a hora certa”.

Button disse que um traço egoísta demonstra que a F1 ainda atrai mais que a WEC.

“A F1 é um esporte de equipe como qualquer outro esporte motorizado, mas quando está no carro, você não pensa sobre isso. Acho que pilotos neste esporte são muito egoístas e você tem que ser – esta é uma razão por que não posso ter filhos agora, porque sou muito egoísta. Aprendi a ser egoísta em termos do que faço e nas horas que gasto em treinamento e em ficar longe da minha esposa e família”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.