Boullier diz que penalidades de motor são tristes para a F1

sábado, 20 de junho de 2015 às 14:45

McLaren-Honda

Eric Boullier da McLaren acredita que as regras de penalização de motores atuais são “tristes” e apelou para repensarem sobre o sistema.

Jenson Button e Fernando Alonso vão largar na parte de trás do grid da GP da Áustria depois de receberem penalidades de 25 posições neste fim de semana por alterações em vários componentes das suas unidades de potência.

Boullier acredita que os chefes da F1 foram demasiados otimistas ao implantar os regulamentos de penalidade de motor antes da temporada de 2014.

“Hoje nós temos que respeitar as regras, mas acho que é triste para a F1 ter dois campeões mundiais, como Jenson e Fernando, na parte de trás do grid”, disse Boullier. “É o mesmo para todos – nós temos que aceitar as penalidades, como todo mundo deve aceitá-las”.

“Quando vemos outras fabricantes de motores tendo dificuldades depois de três anos de desenvolvimento, acho que devemos – como uma comunidade Fórmula 1 – repensar neste momento. Porque, obviamente, as regras são um pouco duras demais, talvez muito ambiciosas, para serem aplicadas agora à esta tecnologia”.

Boullier também rejeitou as alegações que o progresso da McLaren parou uma vez que marcou seus primeiros pontos da temporada, em Mônaco.

“Estamos fazendo progressos – se voltamos para a Austrália, China, Bahrain, nós estamos melhor”, acrescentou. “Diferentes traçados de pista são mais ou menos adequados, e nós sabemos que o Canadá e aqui (Áustria) não estão se adequando ao nosso carro”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.