Automobilismo mundial está “no fio da navalha”

St. Petersburg

A indústria automobilística mundial está andando no fio da navalha por causa da pandemia de coronavírus. Essa é a afirmação preocupante de Trevor Carlin, cuja operação no Reino Unido compete na Fórmula Indy, carros esportivos, Fórmula 2, Fórmula 3, Fórmula 4 e outras séries.

Ele disse à City A.M. que estava a caminho da América para a abertura da temporada da Indy, em março, quando o seu telefone “ficou louco” com as notícias da F1 em Melbourne.

“Parecia ter um efeito dominó em todo o mundo”, disse Carlin. “(A Indy) praticamente foi cancelada em poucas horas, tudo se desmoronou”.

Com os campeonatos agora adiados por todo o mundo, Carlin admite que a sua operação pode fechar em breve. “Se os carros não estiverem correndo, então os patrocinadores não têm motivos para pagar. Eles provavelmente vão começar a adiar os pagamentos e então estamos com um pouco de artimanha financeira”.

“Se isso continuar por seis meses, há uma chance de a equipe não existir mais. Espero que não seja por seis meses, mas toda a indústria está no fio da navalha”, prosseguiu.

“Mas as corridas de automóveis são uma coisa no final das contas – o sustento de todos está em jogo”, acrescentou Carlin.

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.