Aston Martin pode entrar na Fórmula 1 se as novas regras contiverem custos

terça-feira, 25 de julho de 2017 às 9:04
Aston Martin

Aston Martin

A Aston Martin poderia estar interessada em um futuro programa de motor de Fórmula 1, dependendo do resultado das discussões sobre as regras de 2021.

O CEO da Aston, Andy Palmer, participou de uma reunião recente do grupo de trabalho do motor da FIA.

Ele diz que sua empresa só poderia justificar um envolvimento na F1 se um teto fosse mantido nos custos.

A Aston é atualmente uma patrocinadora da Red Bull Racing, e está trabalhando com Adrian Newey no projeto do carro de rua Valkyrie – que utiliza um motor desenvolvido pela Cosworth.

“Nós estamos na periferia da F1, com o Valkyrie e com a Red Bull”, disse Palmer à Autosport. “Há sempre essa pergunta, você gostaria de entrar como uma equipe?”

“Nossa principal concorrente é a Ferrari, então, nesse sentido, há uma lógica de estar envolvido de alguma forma”.

“Mas, para uma empresa que é movida pelo lucro, não temos os 350-400 milhões por ano que você precisa gastar na F1”.

“Se – e é realmente um grande se – houver um limite para o número de pessoas ou a quantidade de dinheiro que se possa gastar no desenvolvimento de um novo motor, e estiver em um nível razoável, temos uma boa razão para estudar isto”.

“No momento, há muitas opiniões, e ainda está se transformando em qualquer que seja a ideia final”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.