Algumas curiosidades interessantes sobre a Indy 500

sábado, 22 de agosto de 2020 às 14:00
Indy 500

Indy 500

* Em oito ocasiões, o percurso das 500 Milhas foi menor que o sugerido pelo nome da prova. Na sexta edição, em 1916, por decisão prévia dos organizadores, que programaram a disputa para 300 milhas. Nos outros casos, sempre em função da chuva durante a corrida, o percurso foi reduzido para 400 milhas (em 1926), 345 milhas (em 1950), 332,5 milhas (em 1973), 435 milhas (em 1975), 255 milhas (em 1976), 450 milhas (em 2004) e 415 milhas (em 2007).

* A edição mais rápida das 500 Milhas de Indianapolis foi a de 1976. Johnny Rutherford venceu em 1h42min52s000, em decorrência da redução do percurso a 255 milhas. Dentre as provas em que todas as 200 voltas foram completadas, a mais veloz foi a de 2013, vencida por Tony Kanaan em 2h40min03s4181. A primeira edição, em 1911, foi a mais demorada. Ray Harroun ganhou depois de 6h42min08s.

* Nenhum sobrenome é tão vitorioso na história das 500 Milhas de Indianapolis quanto o da família Unser, dos Estados Unidos, cujos representantes ganharam nada menos que nove edições da corrida mais tradicional do automobilismo mundial. Al Unser venceu a prova quatro vezes, em 1970, 1971, 1978 e 1987. Seu irmão Bobby Unser contabiliza três triunfos, em 1968, 1975 e 1981. Al Unser Jr. faturou as edições de 1992 e 1994.

* Três mitos do automobilismo norte-americano comandam a galeria de campeões das 500 Milhas de Indianapolis, com quatro vitórias, cada. O primeiro a conquistar o tetracampeonato foi A.J. Foyt, vencedor da prova em 1961, 1964, 1967 e 1977. Al Unser igualou sua marca dez anos depois. Ele ganhou a corrida em 1970, 1971, 1978 e 1987. Rick Mears conquistou suas quatro vitórias em três décadas distintas é 1979, 1984, 1988 e 1991.

* A lista de tricampeões em Indianapolis é composta por cinco nomes: Louis Meyer (1928, 1933 e 1936), Wilbur Shaw (1937, 1939 e 1940), Bobby Unser (1968, 1975 e 1981), Hélio Castroneves (2001/02/09) e Dario Franchitti (2007/10/12). Nove pilotos ganharam duas vezes: Tommy Milton (1921/23), Mauri Rose (1947/48), Bill Vukovich (1953/54), Rodger Ward (1959/62), Johnny Rutherford (1974/76), Emerson Fittipaldi (1989/93), Arie Luyendyk (1990/97), Al Unser Jr. (1992/94) e Dan Wheldon (2005/11).

* Os três brasileiros campeões em Indianapolis obtiveram seus trunfos em parceria com a Penske. Emerson Fittipaldi, em 1989, venceu pela Patrick, que utilizava chassis Penske com motores Chevrolet. Em seu bicampeonato, em 1993, era piloto da Penske. Hélio Castroneves defendeu a equipe em suas três vitórias: em 2001, utilizava motores Oldsmobile; em 2002, Chevrolet; e em 2009, Honda. Gil de Ferran levou a equipe à vitória em 2003 com motor Toyota.

* A Penske é recordista absoluta de vitórias nas 500 Milhas de Indianapolis, com 18 conquistas. Mark Donohue abriu a série em 1972. Rick Mears conquistou pela Penske suas quatro vitórias, em 1979, 1984, 1988 e 1991. Danny Sullivan, em 1985, Al Unser, em 1987, Emerson Fittipaldi, em 1993, Al Unser Jr., em 1994, Hélio Castroneves, em 2001, 2002 e 2009, Gil de Ferran, em 2003, Sam Hornish Jr., em 2006, Juan Pablo Montoya, em 2015, Will Power, em 2018 e Simon Pagenaud, em 2019, completaram a notável galeria de conquistas da equipe.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.