A Williams pede mais pesquisas entre os fãs para desenvolver a F1

segunda-feira, 23 de março de 2015 às 15:05

Williams

Claire Williams sente que mais estudos precisam ser feitos para verificar o que os fãs querem ver na F1 para garantir que não estão perdendo tempo fazendo mudanças indesejadas.

A F1 está sob crescente pressão para ter uma resposta dos fãs em meio a queda no número de espectadores e na audiência da televisão em vários mercados-chave, com o chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene, tornando sua opinião clara ao pedir uma “revolução”, com carros mais potentes e com maior envolvimento com os fãs.

Na verdade, a Williams concorda que a F1 precisa fazer mais para estabelecer um diálogo com o público em geral para ajudar a moldar a direção futura do esporte, ressaltando que não houve nenhuma pesquisa entre os fãs por muitos anos.

“Como um grupo, provavelmente precisamos investigar e ouvir mais sobre o que os fãs querem antes de fazer coisas que talvez eles não estejam interessados”, disse ela. “É importante ter uma conversa de duas vias em vez de forçar uma mudança”.

“Não fizemos nenhuma pesquisa com os fãs por muitos anos. É claro que patrocinadores de equipes e promotores fazem suas próprias pesquisas, por isso é um caso de, provavelmente, fazermos todos juntos, reunirmos tudo e falar com a mídia, porque essa é, provavelmente, o portal mais direto que temos. Esta provavelmente é a melhor maneira de ouvir e se interagir com os fãs para o que querem e o que veem como o futuro da F1”.

Com base nesse ponto, a Williams sente que deve ouvir àqueles que assistem a categoria e dão suporte à ela, assim como procurar por inovações técnicas.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.