A Fórmula 1 precisa de soluções e não de críticas, diz Prost

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016 às 13:04

Alain Prost

Alain Prost acredita que a F1 precisa de soluções ao invés de críticas, já que procura reconstruir sua popularidade nos próximos anos.

Após a queda das audiências televisivas e as preocupações sobre o aumento dos custos, a FIA deu à Jean Todt e Bernie Ecclestone um mandato para realizar mudanças.

Prost muitas vezes expressou preocupação sobre a situação da F1, mas agora acha melhor manter seus sentimentos consigo mesmo, já que pensa que críticas constantes unicamente pioram a situação.

E acredita que a negatividade tende a focar em aspectos específicos da categoria, ao passo que sugere ser necessária uma revisão em larga escala.

“Eu não quero entrar muito nessa perspectiva e vou dizer porquê: as pessoas só falam uma coisa e que é o problema com a F1”, disse Prost. “As pessoas olham para o motor, o chassi e, em seguida, para os regulamentos esportivos. Mas, em minha opinião, precisamos ter um pacote completo e que vai demorar muito tempo”.

“Então, não quero ver coisas saindo na imprensa, já que posso ver, por vezes, citações que não refletem o que eu penso. Há muitas coisas que você precisa mudar completamente”.

Quando perguntado se ele compartilha as preocupações de Todt e Ecclestone de que algo precisa ser feito, Prost disse: “Sim, mas como disse, eu acho que a melhor maneira é ter um pacote completo (de mudanças). Não é só o motor, ou chassis. É a renda, é o regulamento esportivo, tudo completamente”.

“Você precisa dar a possibilidade de pequenas equipes serem mais competitivas, não só dando mais dinheiro, mas encontrando maneiras diferentes nos regulamentos, (especialmente) os regulamentos técnicos”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.