Virtual – Marcas: Carreiro domina em Portimão e conquista vitória “em casa”

VPG Marcas

Marcas

Português teve desempenho soberano no circuito virtual de seu país e chegou ao primeiro triunfo na liga VPG

Não poderia haver lugar melhor para Luis Carreiro (Azores) conquistar sua primeira vitória na liga VPG do que no circuito virtual do Algarve, em Portimão, corrida “da casa” do piloto português. E o triunfo na quinta etapa da categoria Marcas veio de forma imperiosa: na classificação, Carreiro aplicou mais de um segundo de vantagem sobre Leonardo Sampaio (LM) para ficar com a pole; na largada, chegou a perder algumas posições, mas se recuperou com maestria para ficar com o primeiro lugar.

O pior momento do lusitano foi quando as luzes vermelhas apagaram, indicando o início da corrida. Com uma arrancada ruim, Carreiro viu Sampaio e o líder do campeonato, Adriano Max (Viracopos Gold), superarem-no na primeira curva, mas conseguiu recuperar uma dessas posições ainda na volta de abertura. Enquanto isso, Sérgio Franciscodog Refkalefsky (Viracopos Gold), Ricardo Soeiro (Viracopos Gold), José Henrique Spontão (Viracopos Black), Chico Inglês (Caramujos) e Luiz Antônio Cityzoom (555) formavam eletrizante disputa a partir do quarto posto.

Leonardo Sampaio chegou a abrir vantagem de quase três segundos nas passagens iniciais, mas Luis Carreiro reencontrou o ritmo apresentado na classificação e descontou rapidamente a diferença, indo para cima do rival da LM. No fechamento da quinta volta, o piloto da Azores emparelhou com o adversário na curva da vitória e fez a ultrapassagem. Sampaio deu o troco na reta dos boxes, mas Carreiro voltaria a assumir a dianteira, dessa vez de forma definitiva, na freada do hairpin, após a reta oposta.

Todos os participantes da prova partiram para a estratégia de uma parada e, durante os trabalhos nos boxes, Adriano Max levou vantagem sobre Leonardo e tomou o segundo lugar, retornando à pista colado no primeiro colocado. O vencedor das quatro primeiras rodadas chegou a ameaçar a liderança do português por algumas voltas, mas logo o desempenho superior de Carreiro falou mais alto e o perigo foi abafado.

Antes do fim da corrida, Sampaio perdeu um pódio quase certo ao bater num mastro colocado na zebra interna da curva 1, que estava ali para evitar cortes de pista. O choque destruiu a parte frontal de seu Ford Fiesta, levando-o a abandonar. O lance promoveu Franciscodog para terceiro, mantendo-o vivo na luta pelo título contra Max, embora respirando por aparelhos. Adriano perdeu a hegemonia no certame, mas não reclamou do segundo lugar, que o deixou ainda mais próximo da taça. Mas nada disso ofuscou a noite de Luis Carreiro, o homem da corrida.

Resultado extra-oficial:

1. Luis Carreiro (Azores), 27 voltas
2. Adriano Max (Viracopos Gold), +05.793
3. Sérgio Franciscodog Refkalefsky (Viracopos Gold), +22.683
4. Francisco Inglês (Caramujos), +46.610
5. Ricardo Soeiro (Viracopos Gold), +55.630
6. José Henrique Spontão (Viracopos Black), +57.218
7. Luiz Antônio Cityzoom (555), +1:48.805
8. João Camelo (sem equipe), +1:49.238

O resultado oficial e a classificação completos estão disponíveis no site www.ligavpg.com. A sexta e penúltima etapa da VPG Marcas está marcada para 19 de novembro, a partir das 22h15, no circuito virtual de Topeka, com transmissão ao vivo pela Race Brasil.

Veja mais notícias sobre o Automobilismo Virtual Brasileiro no site http://www.racebrasil.com.br

Para assistir ao VT da prova na íntegra acesse: http://ow.ly/f9uzK

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.