Rally Dakar 2014 – Com ordens, Roma obtém primeiro título nos carros

Nani Roma

A dupla Nani Roma / Michel Périn (Mini All4 Racing) conquistou o título da 36ª edição do Rally Dakar. Eles superaram seus companheiros de equipe Stéphane Peterhansel / Jean-Paul Cottret na 13ª e última etapa do Rally Dakar 2014, disputada neste sábado, dia 18/01, partindo de La Serena rumo a Valparaíso, no Chile. O Mini de Nasser Al-Attiyah / Lucas Cruz concluiu a prova na terceira colocação.

Na etapa a vitória ficou com o Toyota de Giniel De Villiers / Dirk Von Zitzewitz, seguido do Mini de Krzysztof Holowczyc / Konstantin Zhiltsov e de outro Mini com Vladimir Vasilyev / Vitaly Yevtyekhov.

A dupla Nani Roma / Michel Périn assumiu a liderança da prova na 5ª etapa, onde fizeram uma excelente navegação, enquanto Stéphane Peterhansel / Jean-Paul Cottret sofreram com vários furos de pneus e estavam 33 minutos atrás dos companheiros. Nas etapas seguintes o que se viu foi uma incrível recuperação de Peterhansel, diminuindo a desvantagem para apenas dois minutos no final da antipenúltima etapa.

Na noite que antecedeu a etapa seguinte, Sven Quandt, dono da equipe alemã, definiu que por segurança a batalha pela vitória deveria acabar e que desta vez o título ficaria com Roma. A notícia caiu como uma bomba na caravana do Dakar, mas esta não seria a primeira vez que este tipo de decisão define a história do Dakar. O atual presidente da FIA, o francês Jean Todt, já teve de recorrer a um cara ou coroa para decidir em 1989 entre Ari Vatanen ou Jacky Ickx quando era o chefe da equipe Peugeot, ou a Mitsubishi quando optou pela vitória de Kenjiro Shinozuka em 1997.

Mas contrariando as ordens, na 12ª e penúltima etapa Peterhansel superou Roma e assumiu a liderança, alegando que não havia atacado, mas que Roma perdera tempo com um pneu furado. Bem, por enquanto ficará a dúvida, se a vitória na categoria foi definida no braço ou na mesa de reunião. O fato é que Roma e Peterhansel levantaram o pé direito nesta última etapa. Roma foi o 4º mais rápido e Peterhansel mostrou claramente que seguiu ordens e completou a etapa numa “descarada” 10ª colocação, cedendo 6’04’’ para Roma, que assim conquista seu segundo título na prova. O primeiro foi em 2004, com uma motocicleta KTM.

Classificação da 13ª etapa (extraoficial):

1 – Giniel De Villiers / Dirk Von Zitzewitz (Toyota): 01:57:07
2 – Krzysztof Holowczyc / Konstantin Zhiltsov (Mini All4 Racing): + 00:00:23
3 – Vladimir Vasilyev / Vitaly Yevtyekhov (Mini All4 Racing): + 00:00:41
4 – Nani Roma / Michel Périn (Mini All4 Racing): + 00:01:40
5 – Orlando Terranova / Paulo Fiuza (Mini All4 Racing): + 00:01:53

Classificação geral após a 12ª etapa (extraoficial):

1 – Nani Roma / Michel Périn (Mini All4 Racing): 50:44:58
2 – Stéphane Peterhansel / Jean-Paul Cottret (Mini All4 Racing): + 00:05:38
3 – Nasser Al-Attiyah / Lucas Cruz (Mini All4 Racing): + 00:56:52
4 – Giniel De Villiers / Dirk Von Zitzewitz (Toyota): + 01:19:07
5 – Orlando Terranova / Paulo Fiuza (Mini All4 Racing): + 01:27:44

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.