Piloto da Semana: GP da Rússia – 14/10/2015

Sergio Perez

Nome: Sergio Perez. Nascimento: 26 de janeiro de 1990, em Guadalajara, México. Equipe: Force India-Mercedes (F1). Título: Campeão Inglês de F-3, Classe Nacional (2007).

Lewis Hamilton ficou muito perto de seu terceiro campeonato mundial na Fórmula 1 após dominar o GP da Rússia, enquanto seu companheiro de equipe na Mercedes e rival na luta pelo título, Nico Rosberg, abandonou. Sebastian Vettel (Ferrari) chegou em segundo.

Sergio Perez conquistou o terceiro pódio da Force India, depois de fazer seu pit-stop durante um segundo período de safety car e percorrer um trecho longo com os pneus macios.

Houve um drama na última volta, após Bottas ter ganho a terceira colocação de Perez e Kimi Raikkonen (Ferrari) o seguiu. Mas Raikkonen mergulhou com tudo na curva 4, atingindo Bottas no ponto de tangência e jogando a Williams nas barreiras. Perez aproveitou e retomou o terceiro lugar que era seu antes.

“É ótimo voltar ao pódio e poder celebrar com minha equipe. Estou me divertindo bastante aqui, e esta é uma grande recompensa por todo o trabalho que fizemos juntos. A decisão de parar com o safety car acabou sendo boa, porque nos deu uma posição na pista à frente de todas as batalhas. Restando uma volta, quando Valtteri (Bottas) e Kimi (Raikkonen) me passaram, senti que o resultado havia sido tirado de nós: obviamente, fiquei desapontado, mas também soube que havia dado tudo durante a prova. Eu não podia fazer mais, porque estava com os mesmos pneus há mais de 40 voltas. Quando finalmente consegui voltar ao terceiro lugar, foi uma sensação incrível. Estou feliz por poder compartilhar este segundo pódio com minha equipe. É um resultado muito especial antes das etapas em Austin e principalmente na Cidade do México”, afirmou Perez.

Em outubro de 2010, a Sauber anunciou Sergio Perez como seu piloto titular para a temporada seguinte. O mexicano vinha de duas temporadas na série principal da GP2, onde obteve cinco vitórias em seu último ano pela Barwa Addax Team, sendo vice-campeão. Seu único título foi na Classe Nacional da F-3 Inglesa em 2007, e também representou o México na A1GP na temporada 2006/2007.

Em 2011, no GP da Espanha, Perez marcou os seus primeiros pontos na F1 ao chegar na nona posição. Sofreu um acidente grave em Mônaco, ficando ausente de duas corridas, e marcou um total de 14 pontos, encerrando o campeonato em 16º. O melhor resultado foi um sétimo lugar no GP da Inglaterra. Em 2012, o mexicano mostrou seu cartão de visitas com uma grande atuação na Malásia, que lhe rendeu uma segunda posição. Em seu melhor ano na F1, voltou a ser segundo na Itália e terceiro no Canadá, fechando o ano em décimo com 66 pontos.

A chance em equipe grande se deu em 2013, na McLaren. Mas a decadência da escuderia de Woking lhe rendeu no máximo um quinto lugar no GP da Índia, o 11º lugar no campeonato com 49 pontos. Partiu para a Force India em 2014, onde os resultados melhoraram: foi ao pódio novamente em terceiro no Bahrain, e ficou em 10º no ano com 59 pontos. Vem mantendo a mesma boa performance neste ano, e o pódio na Rússia veio coroar sua presença assídua na zona de pontos.  Por isso, ele é o PILOTO DA SEMANA AUTORACING!

Sergio Perez obteve a vitória entre os internautas com 27% dos votos. Lewis Hamilton (F1) ficou na segunda posição com 25% dos votos.

Texto: Eduardo Behling e Leandro Schmidt – www.autoracing.com.br

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.