Piloto da Semana: GP da Europa – 22/06/2016

Sergio Perez

Sergio Perez

Nome: Sergio Perez. Nascimento: 26 de janeiro de 1990, em Guadalajara, México. Equipe: Force India-Mercedes (F1). Título: Campeão Inglês de F-3, Classe Nacional (2007).

Nico Rosberg ampliou sua liderança no campeonato mundial com uma vitória dominante na corrida inaugural da Fórmula 1 no Azerbaijão.

Largando na pole, o alemão liderou desde a primeira curva e construiu uma vantagem que não foi ameaçada em nenhum momento, com seu rival e companheiro de equipe na Mercedes, Lewis Hamilton, apenas em quinto.

Hamilton conseguiu um bom progresso após largar em 10º, mas enfrentou problemas elétricos. Ele pediu ajuda para a Mercedes, mas a equipe não pôde lhe dizer o que fazer devido às restrições de comunicação de rádio que passaram a vigorar nesta temporada.

Sebastian Vettel, da Ferrari, terminou em segundo pela segunda prova consecutiva, e Sergio Perez (Force India) garantiu seu segundo pódio em três etapas com a terceira colocação.

O mexicano passou Kimi Raikkonen na última volta, mas ele herdaria a posição de qualquer maneira, já que Raikkonen recebeu uma punição de cinco segundos por cruzar a linha branca na entrada dos pits.

Em outubro de 2010, a Sauber anunciou Sergio Perez como seu piloto titular para a temporada seguinte. O mexicano vinha de duas temporadas na série principal da GP2, onde obteve cinco vitórias em seu último ano pela Barwa Addax Team, sendo vice-campeão. Seu único título foi na Classe Nacional da F-3 Inglesa em 2007, e também representou o México na A1GP na temporada 2006/2007.

Em 2011, no GP da Espanha, Perez marcou os seus primeiros pontos na F1 ao chegar na nona posição. Sofreu um acidente grave em Mônaco, ficando ausente de duas corridas, e marcou um total de 14 pontos, encerrando o campeonato em 16º. O melhor resultado foi um sétimo lugar no GP da Inglaterra. Em 2012, o mexicano mostrou seu cartão de visitas com uma grande atuação na Malásia, que lhe rendeu uma segunda posição. Em seu melhor ano na F1, voltou a ser segundo na Itália e terceiro no Canadá, fechando o ano em décimo com 66 pontos.

A chance em equipe grande se deu em 2013, na McLaren. Mas a decadência da escuderia de Woking lhe rendeu no máximo um quinto lugar no GP da Índia, o 11º lugar no campeonato com 49 pontos. Partiu para a Force India em 2014, onde os resultados melhoraram: foi ao pódio novamente em terceiro no Bahrain, e ficou em 10º no ano com 59 pontos.

Manteve a boa performance nos anos seguintes. Em 2015, conquistou um terceiro lugar no GP da Rússia, foi presença assídua na zona de pontos e terminou o campeonato em nono lugar com 78 pontos. Neste ano, o desempenho está ainda melhor: dois terceiros lugares em oito etapas: em Mônaco e no Azerbaijão. Por isso, ele é o PILOTO DA SEMANA AUTORACING!

Sergio Perez obteve a vitória entre os internautas com 67% dos votos. Nico Rosberg (F1) ficou na segunda posição com 10% dos votos.

Texto: Eduardo Behling e Leandro Schmidt – www.autoracing.com.br

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.