Piloto da Semana: 12/07/2017

Helio Castroneves

Helio Castroneves

Nome: Hélio Castroneves. Nascimento: 10 de maio de 1975, em Ribeirão Preto, São Paulo (Brasil). Equipe: Team Penske (Formula Indy). Títulos: Campeão Brasileiro de Kart (1989); Três vezes vencedor das 500 Milhas de Indianápolis (2001, 2002 e 2009).

O “Homem Aranha” voltou a escalar as grades da Fórmula Indy após mais de três anos. Hélio Castroneves venceu neste domingo a 11ª etapa de 2017, no Iowa Speedway, tornando-se o nono vencedor diferente do ano.

Foi a 30ª vitória do piloto da Penske na categoria, e a 111ª de pilotos brasileiros. Com o resultado, está oito pontos atrás do líder do campeonato, Scott Dixon (Ganassi), que chegou em oitavo.

Hélio assumiu a ponta pela primeira vez na 20ª volta, ao passar pelo pole Will Power (Penske). Na 97ª volta, foi superado por JR Hildebrand (Carpenter), mas voltou a ficar na frente após o segundo pit stop.

Depois, perdeu a posição brevemente após a terceira parada para Charlie Kimball (Ganassi), que tinha uma tática diferente. A bandeira vermelha foi acionada por causa de pingos de chuva na 209ª volta, com ele na frente, mas a ação foi retomada após alguns minutos.

Hildebrand teve uma quarta parada mais eficiente sob bandeira verde e voltou na frente de Hélio. Mas o brasileiro vinha muito mais rápido e o passou na 268ª volta, juntamente com Marco Andretti, que ainda não havia parado. Depois, foi só tocar até a bandeirada, na 300ª volta.

Hildebrand foi segundo, seguido por Ryan Hunter-Reay (Andretti). Power chegou em quarto, à frente de Graham Rahal (Rahal Letterman Lanigan) e de dois de seus companheiros de equipe: Josef Newgarden e Simon Pagenaud.

Tony Kanaan (Ganassi) perdeu a oitava posição para Dixon no final. A bandeira amarela foi acionada quatro vezes, devido a acidentes com Mikhail Aleshin (Schmidt Peterson), Carlos Muñoz e Conor Daly, ambos da AJ Foyt, além da que antecedeu a vermelha.

Castroneves estreou na antiga CART em 1998, após ser vice-campeão na Indy Lights no ano anterior, correndo pela equipe Bettenhausen. Passou para a Hogan em 1999, e desde o ano 2000 está na Penske, a equipe mais tradicional do automobilismo norte-americano. A primeira de suas 28 vitórias aconteceu em Detroit, em 2000. Pela CART venceu seis vezes entre os anos de 2000 e 2001.

Seu primeiro triunfo nas 500 Milhas de Indianápolis se deu em 2001. No ano seguinte, a Penske e seus pilotos foram de mala e cuia para a Indy Racing League, então categoria rival da CART na época da “desunião” da Indy, que acabou em 2008. Faturou mais duas vezes a mais famosa prova do automobilismo mundial, em 2002 e 2009, algo até mais importante do que vencer os campeonatos nos Estados Unidos.

Hélio sempre foi um piloto de ponta na Formula Indy: disputou títulos, foi vice-campeão em três oportunidades (2002, 2008 e 2013). Tem 30 vitórias na categoria. Só está faltando o título. Quem sabe ele não chega em 2017? Ainda está na briga. Por isso, ele é o Piloto da Semana do Autoracing!

Hélio Castroneves (Indy) obteve a vitória entre os internautas com 39% dos votos. Valtteri Bottas (F1) ficou na segunda posição com 22% dos votos.

Texto: Eduardo Behling

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.