Nasr: F1 ainda é “Plano A” para 2018

Felipe Nasr

Felipe Nasr

Felipe Nasr ainda está buscando um retorno à Fórmula 1, apesar da falta de oportunidades disponíveis no grid. O brasileiro passou dois anos no esporte com a Sauber, mas perdeu a vaga para o jovem piloto da Mercedes, Pascal Wehrlein, no final de 2016.

Desde que saiu do esporte, o brasileiro não se comprometeu com outras categorias, mas testou uma grande quantidade de carros. “Eu ainda estou olhando para as opções”, disse Nasr ao site Motorsport.com.

“O bom é que eu tenho guiado carros diferentes nos últimos meses. Fiquei em forma, e foi bom estar em um carro de corrida de novo. Ainda me sinto capaz de voltar aqui (na F1), e estou olhando para as oportunidades para 2018”, explicou.

“Claro, a F1 é o Plano A, mas há muitos planos Bs. Poderia ser a F-Indy, Fórmula E ou WEC, são todas as categorias que chamaram minha atenção. Definitivamente vou procurar tentar tudo o que puder antes de assumir quaisquer compromissos ou quaisquer decisões”, prosseguiu ele.

Nasr destacou a falta de equipes no grid como um dos principais obstáculos no seu caminho para voltar à F1. “É difícil”, acrescentou. “Seria bom ver uma ou duas equipes a mais, não apenas para mim, mas para qualquer piloto que venha a avançar para a F1”.

“Mas as coisas podem mudar muito rapidamente também. O importante é que eu estou apto. Fiz tudo o que pude para estar pronto para este ano, e sei que posso estar em qualquer carro a qualquer momento e mostrar que ainda sou competitivo”, opinou.

“Não é fácil sair do carro, com certeza, mas não tenho arrependimentos. Há um tempo para tudo na vida, e o importante é que estou pronto, e tomarei uma decisão muito cedo”, concluiu Nasr.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.