NASCAR K&N East Series – Brasileiros largam na pole e chegam em 8º em Iowa

nascar-xteamracing-350A quarta etapa da K&N East Series teve um gosto especial para a X Team Racing. A primeira equipe brasileira na Nascar chegou ao circuito de Iowa, aonde foi disputada a prova deste sábado (21), a quarta da temporada, com seus três carros entre os cinco melhores do campeonato. Logo nos primeiros treinos livres, Matt DiBenedetto imprimiu um forte ritmo e marcou o melhor tempo das sessões. O piloto americano ainda superou outros 57 carros e conquistou a pole position, que, nesta etapa, teve uma importância maior, já que as Ligas Leste (East Series) e Oeste (West Series) correram juntas.

“Foi muito legal o que conquistamos hoje. Essa etapa é muito tradicional, por juntar as equipes das duas ligas e também por ser palco da Nationwide, então, muitas pessoas importantes estavam aqui. O Matt estava muito bem, bastante rápido, e foi muito bacana ficarmos à frente de equipes maiores e mais experientes, como a Joe Gibbs. Todos elogiaram muito e reconheceram o nosso trabalho”, explicou o empresário Geraldo Rodrigues, um dos sócios da equipe. Essa foi a segunda pole position da X Team Racing, que também largou da posição de honra em sua estreia na categoria, na prova na Carolina do Sul.

Os outros dois pilotos da equipe, Coleman Pressley e Alex Bowman, largaram na 9ª e 17ª posições, respectivamente. “Infelizmente, o Bowman cometeu um pequeno erro na classificação, senão teríamos colocado os três carros no top 10 pela quarta vez na temporada”, completou Geraldo.

Na corrida, DiBenedetto se manteve na liderança durante as 18 primeiras voltas, e depois trocou posições com Brett Moffitt, até então segundo colocado, por duas vezes em seis voltas. Apesar de perder a liderança, Matt permaneceu no segundo posto, acompanhando o ritmo de Moffitt, até retomar o primeiro lugar na volta 86. Porém, uma volta depois, o piloto da X Team Racing recebeu um toque de um retardatário e teve um pneu furado, sendo obrigado a parar nos boxes para reparar os danos. Ele voltou duas voltas atrás do líder e ainda teve de cumprir uma penalização (stop and go penalty), completando as 175 voltas da corrida em 20º. O vencedor foi Brett Moffitt, nativo de Iowa.

“Por ser uma corrida com mais pilotos no grid do que o normal, também há mais tráfego, com os retardatários, e fomos afetados com isso. Houve muitas bandeiras amarelas durante a prova. Estávamos muito bem, o Matt estava brigando forte pela liderança, mas após o que aconteceu, não tínhamos como ir além disso”, comentou Rodrigues. Matt DiBenedetto está na quinta posição do campeonato, com 588 pontos.

O estreante Alex Bowman, que subiu ao pódio na primeira corrida da temporada, encontrou algumas dificuldades em Iowa. Na volta 84, ao tentar uma ultrapassagem, também foi tocado por um retardatário. Com um pneu furado, que o fez encostar no muro, Bowman também teve de parar nos boxes, e voltou três voltas atrás do primeiro colocado. Ele terminou a prova em 27º lugar. Apesar disso, ele continua na liderança do campeonato de estreantes, e em sétimo na classificação geral, com 568 pontos.

Pressley, que conquistou o melhor resultado da equipe até agora – o segundo lugar na etapa inaugural na Carolina do Sul -, largou em nono e chegou a estar entre os cinco melhores, mas completou a prova no oitavo posto. No campeonato, ele subiu uma posição e ocupa agora o terceiro lugar, com 615 pontos, a 31 do líder Moffitt.

“Com o começo que tivemos, o resultado da corrida não foi o esperado, mas isso também é um aprendizado muito importante. Alguns fatores aqui eram novos para nós, como o pit stop, por isso, não foi um mau resultado. Ano que vem, quando voltarmos, estaremos mais preparados”, disse o empresário.

A corrida em Iowa é a única oportunidade em que os carros das Ligas Leste e Oeste das categorias de base da Nascar se encontram. E a superioridade das equipes da Liga Leste (East Series) é digna de destaque. Tanto nos treinos quanto na corrida, o melhor carro da liga oeste chegou apenas na quarta posição.

“Esse foi um dos motivos pelo qual escolhemos a East Series para começar. Apesar de também ter equipes muito boas na West Series, a East é mais respeitada, o nível é mais forte. E estamos mostrando que estamos bem, com um ritmo sólido e muito bom em relação aos outros times, e isso é o mais importante”, concluiu Geraldo Rodrigues.

O próximo compromisso da X Team Racing está marcado para o dia 04 de junho, no Bowman Gray Stadium, no estado americano da Carolina do Norte, onde será realizada a quinta etapa da K&N East Series.

Confira os dez melhores na etapa de Iowa da K&N Pro Series:
(posição / carro / piloto)

1- (00) Brett Moffitt
2- (18) Max Gresham
3- (7) Eddie MacDonald
4- (26) Greg Pursley
5- (17) David Mayhew
6- (2) Ryan Gifford
7- (61) Brett Thompson
8- (14) Coleman Pressley
9- (6) Darrell Wallace, Jr.
10- (3) Dylan Kwasniewski
20- (15) Matt DiBenedetto
27- (17) Alex Bowman

EB – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.