MotoGP – Comentários de sábado – Honda – Sepang 2017

Marc Marquez

Dani Pedrosa, P1: Estava muito perto. Os tempos foram apertados desde o início no seco, em ambas as sessões, do primeiro ao décimo, foram apenas alguns décimos e todos estavam muito rápidos. Felizmente, meu tempo na pista na classificação foi bom sem tráfego, e em ambas as voltas que eu fiz, eu estava me sentindo bem. Na primeira, conseguiria algum ritmo para melhorar na segunda. Foi bastante positivo e um bom tempo porque a pista estava muito quente. Normalmente, é difícil fazer esses tempos com essas temperaturas; durante o dia a pista estava melhorando. No TL4 tivemos a chance de tentar mais pneus e parece que existem três pneus que podem fazer uma boa volta. Esta é uma das pistas mais difíceis, mas a configuração da moto pode fazer a diferença – e sua sensação com os pneus. Se você for mais suave, você pode economizá-lo. Mas nesta aula neste GP, olhando os tempos, parece que todo mundo está indo rápido, então é difícil prever a corrida. O ritmo é mais uma questão, e acho que as condições da pista amanhã serão importantes.

Marc Márquez, P7: Lutei um pouco, especialmente no TL3 e TL4, mas depois tive a sensação com a moto na última parte do TL4 e na classificação. Fiquei bem com a moto, mas foram apenas meus erros porque não fiz a volta perfeita. Após o primeiro acidente, foi bastante difícil. Eu lutei um pouco. Não foi a melhor classificação, talvez a pior da temporada, mas sabemos que é um circuito em que lutamos. Mas o ritmo não é tão ruim – eu ficaria mais feliz se eu estivesse na primeira fila, mas não estou completamente desapontado.

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.