MotoGP – Comentários de domingo – Sachsenring 2018

Valentino Rossi

Marc Márquez (Honda), P1: É claro que estou muito feliz, pois nove vitórias consecutivas aqui são incríveis! Mas a cada ano a pressão aumenta, porque a partir de quinta-feira, todo mundo começa a perguntar sobre ganhar no domingo! De qualquer forma, temos a experiência para lidar com isso também. Hoje eu esperava que a corrida tivesse fases diferentes, com a primeira queda de pneu acontecendo depois de cerca de nove voltas e uma final de sete a cinco voltas do final. Eu estava preparado para administrar as diferentes situações, mas no começo não foi fácil porque a minha largada não foi perfeita. Eu esperava que Lorenzo passasse por mim, mas não Petrucci. Eu perdi duas posições e, em seguida, ultrapassá-los não foi fácil. Quando fiz isso, comecei a empurrar para conseguir uma diferença, mas sem ser “louco”, para poder controlar o consumo de pneus até o final da corrida. Mas então eles me avisaram que Valentino estava fechando muito rápido, e quando eu vi 0s6 no painel eu entendi que eu tinha que empurrar de novo e usar completamente meus pneus por duas ou três voltas, então fiz minha volta mais rápida da corrida. Eu consegui abrir uma lacuna novamente e depois administrá-la. Então, quando eu estava comemorando, vi um fiscal com um boné nº 26, então eu o levei e fui comemorar na frente dos fãs, porque acho que neste fim de semana o Dani era o protagonista, e vamos sentir a falta dele. Nós e a Honda estamos trabalhando muito bem e precisamos continuar assim na segunda parte do campeonato com a mesma sensação que tivemos até agora.

Valentino Rossi (Yamaha), P2: Normalmente Sachsenring é uma pista difícil para a M1, mas hoje conseguimos um duplo pódio, por isso estamos muito felizes, também pelo trabalho da equipe. Estou muito feliz porque fiz uma corrida fantástica desde o começo, nunca cometi um erro. Na semana passada, eu revisei a corrida do ano passado e eu disse para mim mesmo: “Folger era bom com a Yamaha, então temos que fazer o mesmo!” No final eu consegui a mesma posição que ele, então estou feliz e É uma ótima maneira de começar o feriado.

Maverick Viñales (Yamaha) P3: Foi uma corrida difícil, honestamente, mas me sinto feliz porque acho que trabalhamos bem durante todo o final de semana e acho que fizemos um bom trabalho. Com a equipe, trabalhamos duro nas últimas dez voltas da corrida, que foram as mais importantes. Acho que fomos um dos mais fortes no final da corrida, mas ainda há coisas para melhorarmos, também em mim. É bom ter uma pausa agora, para nos dar algum tempo para trabalhar duro e tentar melhorar a moto. Era quase impossível ultrapassar hoje. Eu tentei, mas eu estava escapando em toda parte. Por fora, por dentro, eu tentei de tudo! Quando os pneus começaram a cair, eu estava ultrapassando todos na curva 8, fechando os olhos, descendo a ladeira, cheio de gasolina. Dei tudo e a moto estava funcionando bem. Eu estava fazendo 1min21s8 ou 1min21s9 e este foi o ritmo de corrida que eu estava esperando. Sinceramente, parabéns à equipe. Estamos dando os passos pouco a pouco e só temos que continuar trabalhando.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.