Moto GP – Jorge Lorenzo passeia e vence segunda seguida em Misano

Jorge Lorenzo

Jorge Lorenzo

Jorge Lorenzo (Yamaha) obteve sua segunda vitória consecutiva ao se impor nesta tarde de domingo em Misano. O atual campeão, que assumiu a primeira posição logo na largada, controlou o ritmo enquanto o líder do campeonato, Marc Márquez, superou seu colega de Honda, Dani Pedrosa, no duelo pelo segundo posto.

O circuito de San Marino foi palco de mais um brilhante resultado para Lorenzo, que garantiu sua terceira vitória consecutiva no traçado. O triunfo, o 49º da carreira e 28º na categoria principal, também confirmou o domínio do espanhol nas duas corridas italianas nos últimos três anos.

Vindo de segundo do grid, Lorenzo saltou para a liderança quando o pole Márquez caiu para terceiro na primeira volta. Este último atacaria forte na segunda metade da corrida, mas antes disso ainda cairia para quarto devido a erro não forçado. Márquez tratou então de se recuperar do erro na Curva 8 para apanhar e ultrapassar o companheiro de equipe de Lorenzo, Valentino Rossi, e o seu próprio companheiro, Pedrosa. Contudo, com os dois pilotos da Honda em uma briga tão acirrada, Lorenzo acabou apenas aumentando ainda mais a sua já confortável vantagem.

Márquez conta agora com 34 pontos de vantagem na frente da classificação quando faltam apenas cinco corridas, enquanto Lorenzo está em igualdade com Pedrosa, em segundo no geral. Rossi e Cal Crutchlow (Tech 3 Yamaha) são os únicos dois outros pilotos que ainda contam com possibilidades matemáticas de conquistar o título; o italiano terminou a corrida de domingo em quarto, enquanto o inglês caiu para sexto na última volta, atrás de Stefan Bradl (LCR Honda). Álvaro Bautista (Honda Gresini) foi sétimo, enquanto Andrea Dovizioso bateu seu colega na Ducati, Nicky Hayden, com Michele Pirro (Pramac) em décimo.

Em 11º ficou Bradley Smith (Tech 3), enquanto Colin Edwards (Forward) foi o melhor piloto CRT ao concluir em 12º; o americano terminou uma posição à frente de Aleix Espargaró (Aspar) que, vindo de um impressionante sexto posto do grid, chegou a andar em quarto na 1ª volta, mas foi penalizado com uma passagem pelos boxes devido à queima de largada. Foram seis os pilotos que não terminaram, incluindo Andrea Innone (Pramac), um dos seis pilotos da casa.

O campeonato da Moto GP continua agora com a sua 14ª etapa, o GP de Aragón (Espanha), no dia 29 de setembro.

Classificação da prova:

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo/Dif.
1 Jorge LORENZO Yamaha Factory Racing Yamaha 44’05.522
2 Marc MARQUEZ Repsol Honda Team Honda +3.379
3 Dani PEDROSA Repsol Honda Team Honda +7.368
4 Valentino ROSSI Yamaha Factory Racing Yamaha +15.062
5 Stefan BRADL LCR Honda MotoGP Honda +22.355
6 Cal CRUTCHLOW Monster Yamaha Tech 3 Yamaha +22.599
7 Alvaro BAUTISTA GO&FUN Honda Gresini Honda +31.059
8 Andrea DOVIZIOSO Ducati Team Ducati +42.702
9 Nicky HAYDEN Ducati Team Ducati +44.858
10 Michele PIRRO Ignite Pramac Racing Ducati +47.818
11 Bradley SMITH Monster Yamaha Tech 3 Yamaha +48.011
12 Colin EDWARDS NGM Mobile Forward Racing FTR Kawasaki +1’03.154
13 Aleix ESPARGARO Power Electronics Aspar ART +1’07.600
14 Hiroshi AOYAMA Avintia Blusens FTR +1’15.528
15 Danilo PETRUCCI Came IodaRacing Project Ioda-Suter +1’17.907
16 Claudio CORTI NGM Mobile Forward Racing FTR Kawasaki +1’29.655
17 Randy DE PUNIET Power Electronics Aspar ART +1’33.990
18 Michael LAVERTY Paul Bird Motorsport PBM +1’36.860
Abandonos:
Bryan STARING GO&FUN Honda Gresini FTR Honda 4 Voltas
Hector BARBERA Avintia Blusens FTR 7 Voltas
Yonny HERNANDEZ Paul Bird Motorsport ART 19 Voltas
Karel ABRAHAM Cardion AB Motoracing ART 21 Voltas
Andrea IANNONE Energy T.I. Pramac Racing Ducati 25 Voltas
Lukas PESEK Came IodaRacing Project Ioda-Suter 25 Voltas

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.