Maldonado: “Prefiro ficar em casa do que lutar no fim do grid da F1”.

Pastor Maldonado

Pastor Maldonado admitiu que prefere ficar em casa do que lutar por posições no fim do grid no próximo ano.

O venezuelano venceu o Grande Prêmio da Espanha pela Williams em 2012, mas a equipe vem enfrentando uma de suas piores temporadas na história, tendo marcado apenas um ponto em 13 corridas. Depois de outro final de semana frustrante, Maldonado sublinhou a importância de ter um bom carro no futuro.

“Eu preciso de um carro competitivo para apreciar o que faço, o que não é o caso deste ano,” falou Maldonado. “Estou passando por um momento muito complicado e preciso de motivação para continuar fazendo meu melhor. Eu quero algo mais, e não estou aqui apenas para isso. Minha intenção não é de ser mais um a ter passado pela F1. Estou aqui para vencer, e quero fazer tudo o que for possível para fazer isso acontecer.”

O piloto da Williams insistiu que não duvida do seu talento, tanto que tenha um carro competitivo nas mãos.

“Estou ansioso para ter um bom carro no próximo ano, eu preciso disso. Já mostrei que, toda vez que tenho algo competitivo, luto por vitórias e campeonatos. Está sendo frustrante me ver lutando pelo Q2. Não quero lutar com Bottas. Ele é um bom piloto mas não é meu objetivo. Quero lutar com os maiores. Em Barcelona, quando tive a chance de lutar pela vitória, eu o fiz, mostrei do que era capaz quando estou 100%,” continuou.

Maldonado admitiu que não sabe o que vai acontecer no futuro, especialmente depois da morte do presidente venezuelano Hugo Chavez. A PDVSA, estatal petrolífera da Venezuela, apoia o piloto desde sua entrada na F1 em 2011.

“Espero estar no grid, mas nunca se sabe. Pode ser que isso dependa do apoio financeiro ou não. A F1 é assim. No ano passado, eu estava vencendo corridas, hoje estou lutando pelo Q2. No próximo ano não sei, talvez esteja em casa,” completou Maldonado.

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.