Indy 500 – McLaren pronta para nova tentativa com Alonso em 2020

McLaren e Alonso em Indianapolis

O CEO McLaren, Zak Brown, espera que Fernando Alonso fique com a equipe para tentar a Indy 500 pela terceira vez.

Depois que a forte primeira visita do espanhol a Indianapolis foi encerrada devido a falhas no motor, problemas operacionais para a entrada independente da McLaren neste ano significaram que ele nem sequer alinhou no grid de 33 carros para a corrida de domingo.

Com o sonho de completar a “Tríplice Coroa” do automobilismo ainda inalcançável, parece provável mais uma tentativa no “Brickyard”, a questão é se Alonso ainda confia que a McLaren possa lhe dar um carro competitivo.

“Ele ficou desapontado como todos nós”, disse Brown. “Nós claramente o decepcionamos.”

“Ele é um piloto, ele entende que Indianapolis é único. Ele guiou brilhantemente, deu tudo o que podia, foi ótimo com os fãs e a mídia e é exatamente assim que ele estava internamente.”

“Ele só queria ser competitivo e acho que ele quer voltar para Indianapolis.”

“Eu acho que seria ótimo se fizéssemos isso juntos.”

E o chefe da McLaren acredita que uma decisão em 2020 pode esperar.

“Nós não entramos nisso”, disse ele. “Eu conheço Fernando muito bem e acho que uma das razões pelas quais nos damos tão bem é que eu entendo como ele opera.”

Fernando Alonso

“Eu acho que quando você sai tão por baixo assim, você não quer ter um microfone na sua cara 24 horas depois, até porque não precisamos tomar decisões agora.”

“Temos um ótimo relacionamento com o Fernando. Ele teve muitos altos e baixos conosco. Indiscutivelmente provavelmente mais baixos nas últimos três ou quatro temporadas.”

“Ele realmente gosta da McLaren, a McLaren gosta dele, ele viu o que aconteceu, ele viu o quão perto chegamos de fazer o show e o esforço que fizemos.”

“Acho que estamos todos desapontados, mas isso não vai mudar a relação entre Fernando e McLaren.”

Independentemente da participação de Alonso, Brown indicou que a McLaren estaria de volta à Indy no próximo ano.

“Por mais entusiasmado que eu seja pela IndyCar, dado o que acabamos de passar na Indy, eu gostaria de voltar e acertar isso como um próximo passo, então eu acho que é altamente improvável que estejamos na IndyCar em tempo integral em 2020 “, disse ele.

“Poderíamos fazer corridas antes de Indy no próximo ano como preparação? Sim, isso é algo de que falamos. Então, isso fará parte do pensamento.”

 

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.