Grosjean quer estar na Fórmula 1 até os 40 anos

Romain Grosjean

Romain Grosjean admitiu que quer continuar competindo na Fórmula 1 por “outros seis, sete, oito” anos ainda.

O francês começou sua carreira na Fórmula 1 em 2009, mas depois teve um hiato de dois anos antes de voltar em 2012.

Desde então, ele dirigiu para a Lotus, onde acumulou dez pódios. Nas últimas três temporadas, ele esteve na equipe da Haas.

Ele será o quarto piloto mais velho do grid em 2019, mas ainda tem motivação para provar seu valor na F1.

“Eu fiz oito anos na Fórmula 1, acredito que tenha mais seis, sete, oito até sair”, disse Grosjean. “Kimi [Raikkonen] tem 39 anos e assinou um contrato de dois anos! Comecei [na F1] aos 27 anos, então não comecei quando tinha 17 anos”.

“Tenho 32 anos e já fiz seis anos [sucessivos] na F1, posso ir mais seis, sete, acho que tenho energia para isso enquanto continuo apresentando resultados”.

O francês admitiu que tem a mesma mentalidade do bicampeão mundial Fernando Alonso. Ele mencionou o espanhol e como ele fica irritado pelo rádio da equipe, mas admite que é por causa de sua carreira profissional.

“Muitas pessoas perdem a sua paciência… Você sabe Fernando [Alonso], por que ele fica frustrado e com raiva no rádio?”.

“Eu acho que a minha opinião é que ele não perdeu o desejo de vencer, e você sempre quer vencer, então quando você não ganha por três, quatro, cinco anos e seu carro é ruim e você sabe disso, você fica frustrado”.

“Outros pilotos, atletas em geral, estão felizes em [ganhar] X milhões por ano ou agir como: Eu faço o que eu gosto”.

“Eu sou mais ou menos como Fernando. Eu nunca perdi esse desejo de ganhar uma corrida”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.