GP2 – Bianchi vence corrida emocionante em Silverstone

gp211-bianchi-espanha-barcelona350Jules Bianchi levou a melhor em uma disputa emocionante com Christian Vietoris para conquistar sua primeira vitória da temporada na GP2.
Bianchi, da ART, abriu uma vantagem confortável quando a corrida começou na chuva após três voltas atrás do safety car. Sua vantagem era de mais de sete segundos quando os pit-stops começaram, com os pilotos colocandos os pneus slick enquanto a pista secava rapidamente.
Bianchi foi um dos últimos a parar, e isso significou que Vietoris, da Racing Engineering – que havia passado Alvaro Parente (Carlin) na luta pelo segundo lugar antes dos pit-stops – estava colado na caixa de câmbio do francês quando ele voltou ao circuito.
Depois de uma volta pressionando, Vietoris passou Bianchi para assumir a liderança na saída da Luffield. Entretanto, isso durou pouco, pois Bianchi recuperou a posição com uma manobra ousada na Copse.
Os dois repetiram seu duelo roda a roda mais tarde na mesma volta, com Vietoris tomando a ponta por fora na Stowe antes de Bianchi mergulhar por dentro para recuperá-la na freada para a curva seguinte.
Após a volta de tirar o fôlego, ambos passaram a andar juntos, e algumas passagens depois, Bianchi abriu uma vantagem superior a um segundo. Ele seguiu tranquilo a partir daí antes de aliviar perto do final a caminho da vitória.
Vietoris teve dificuldades para manter o ritmo no final, terminando pouco à frente de Marcus Ericsson, da iSport, e do líder do campeonato Romain Grosjean (DAMS). Ericsson estava em quinto no começo da prova, mas foi recompensado por ter sido um dos primeiros pilotos a trocar para os slicks.
Grosjean subiu do 13º lugar para quarto, enquanto Sam Bird (iSport) superou uma escapada na Copse pouco antes de sua parada para chegar em quinto. Dani Clos teve de se contentar com o sexto posto no segundo carro da Racing Engineering depois de ser superado pelo britânico a apenas seis voltas do final.
Stefano Coletti se beneficiou por parar na mesma volta de Ericsson, subindo de 21º para sétimo, enquanto Giedo van der Garde (Addax) suportou a pressão de Parente para obter o oitavo lugar e a pole position para a segunda corrida.

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.