Fórmula Indy visa corridas internacionais para iniciar seu campeonato

Indy 500

A Fórmula Indy não está desistindo de sua ideia de realizar corridas internacionais em fevereiro, de acordo com o presidente de competição e operações Jay Frye. A categoria tem apresentado crescimento em vários setores nos últimos anos, com aumento do grid, maior apoio de patrocinadores e fabricantes e audiência crescente.

Mas a categoria não quer apenas atrair a base doméstica, mas também um grupo de telespectadores e clientes internacionais. Pretende realizar corridas em outros países no início do ano, quando o clima nos Estados Unidos é menos convidativo. Especula-se várias possibilidades como México, Brasil, Austrália, Argentina e Malásia.

“Há muitas coisas acontecendo em fevereiro com a gente, NASCAR, então, para onde você vai? Há apenas um punhado de lugares em que você pode realmente competir nos Estados Unidos em fevereiro devido ao clima. Se pudermos sair dos Estados Unidos, com algumas corridas em lugares onde o clima está bom em fevereiro, então pode ser uma boa maneira de começar nosso ano”, disse Frye.

“Todos nós descobriríamos como fazê-lo funcionar, mas se tivéssemos algumas corridas no início do ano, destinos quentes, esse tipo de coisa poderia nos animar. Chegamos a St. Pete e a parte norte-americana da nossa categoria segue normalmente”, completou o dirigente.

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que contenham ofensas não serão aprovados pelo moderador.