Fórmula 1 está desenvolvendo um microfone de escape

Escape da Mercedes na Hungria 2017

Escape da Mercedes na Hungria 2017

A Fórmula 1 está desenvolvendo um microfone que pode ser montado no escape de um carro para fornecer uma “verdadeira amplificação” do som no futuro, em meio a preocupações contínuas com a falta de volume das unidades de potências atuais.

A Fórmula 1 adotou um som mais baixo quando abandonou os motores V8 naturalmente aspirados para unidades de potência híbridas V6 turbo de 1,6 litros em 2014, levando a críticas de pilotos, equipes e fãs.

Nos estágios iniciais da temporada de 2014, um escape tipo “megafone” foi testado pela Mercedes, com o objetivo de aumentar os níveis de ruído, mas houve pouca diferença audível.

O chefe comercial da F1, Sean Bratches, descreveu agora um novo projeto, que envolverá um microfone cerâmico ligado ao escape de um carro.

“Uma das coisas que queremos amplificar no futuro são os sons da categoria, porque estão visceralmente ligados aos fãs e são criticamente importantes em toda a pesquisa que fazemos”, disse ele à Reuters.

A Fórmula 1 ainda não confirmou os planos para o próximo ciclo do motor, que começará em 2021, embora um “amplo acordo” tenha sido alcançado no início deste ano para introduzir motores mais simples, mais baratos e mais ruidosos.

O presidente da FIA, Jean Todt, já descartou o retorno aos motores de estilo antigo.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.