Formula 1 é mais barata do que o críquete para patrocinador indiano

f111-nova_delhi-350O valor do contrato de patrocínio título da companhia indiana de telecomunicações Airtel para o GP da Índia é de 8.5 milhões de dólares, de acordo com o Times of India.
“O acordo vale muito menos do que os empresários indianos pagam por uma fatia do bolo do críquete”, afirmou o relato.
No começo deste mês, a Airtel retirou seu patrocínio título de 40 milhões de dólares para o torneio de críquete Champions League Twenty20. Bernie Ecclestone disse na quinta-feira que espera que a nova prova indiana da Fórmula 1 possa rivalizar com o amor do país pelo críquete.
“Será necessário esforço a fim de gerar interesse. Nós nunca alcançaremos o críquete, mas podemos nos aproximar, talvez com algum esforço extra”, disse ele. “A Índia é uma grande parte do mundo e nós queríamos uma corrida aqui”.
Sanjay Kapoor, diretor da Airtel, não confirmou que a companhia trocou o críquete pela Fórmula 1 devido ao custo, mas Ecclestone se mostrou muito feliz com seu mais recente patrocinador.
Apesar de relatos indicarem que o acordo da Airtel é válido por três anos, o chefe executivo da Fórmula 1 sorriu ao dizer que foi “relaxado” ao deixar o contrato aberto. Ecclestone disse a repórteres que gostaria que o acordo continuasse “para sempre, até nós pararmos”.

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.