Fórmula 1 deve rever seu sistema de penalidades, diz Brawn

Ross Brawn

O chefe esportivo da Fórmula 1, Ross Brawn, sugeriu que a categoria precisa aprender com a penalidade de Max Verstappen no GP dos EUA e modificar a abordagem.

Verstappen, que largou em 16º no grid, surgiu na disputa pelo pódio em Austin, executando uma estratégia de duas paradas, e alcançou Kimi Raikkonen nas últimas voltas.

Verstappen fez uma manobra por dentro da curva 17 e conseguiu o terceiro lugar, mas recebeu uma penalidade de cinco segundos por ultrapassar os limites da pista e caiu para o quarto.

Brawn, depois de ter elogiado a pilotagem de Verstappen, chamou a penalidade de “dura, mas tecnicamente correta” e acredita que a Fórmula 1 precisa refinar seu sistema quando se trata de rever os incidentes.

“Desde a largada, Max fez uma corrida maravilhosa”, disse Brawn após o evento. “Depois de comemorar com sua equipe e se dirigir para a sala atrás do pódio, ele foi solicitado a ceder a posição para Raikkonen, por causa da penalidade de cinco segundos.

“Foi uma penalidade dura mas tecnicamente correta. É um pequeno consolo, mas acho que ele mereceu o prêmio de ‘Piloto do Dia’ e mais uma vez mostra exatamente que Max é um talento incrível”.

“Eu acredito que , assim que a poeira esteja assentada, seria bom rever casos como este com todas as partes relevantes – a FIA e as equipes”.

“Em todos os esportes, a tecnologia é cada vez mais é importante para permitir que os árbitros tomem decisões esportivas com mais precisão e prontidão”.

“Na Fórmula 1, já temos tecnologia de vídeo excepcional, mas acho que precisamos olhar para como a utilizamos para manter a precisão e a consistência”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.