FE – Trulli diz que é mais difícil ser chefe de equipe do que piloto

Jarno Trulli

O ex-piloto de F1 Jarno Trulli disse que seu retorno ao automobilismo na Formula E lhe ensinou que ser um chefe de equipe é mais difícil do que ser um piloto.

O piloto de 40 anos ficou longe do esporte após ser preterido para um carro da Caterham em favor de Vitaly Petrov em 2012, mas retornou ao cockpit no ano passado para o lançamento de sua própria equipe na Formula E.

“É mais desafiador ser dono de uma equipe do que ser piloto”, disse ele. “É uma coisa muito difícil, começar uma equipe do nada”.

“Nós começamos muito tarde em comparação com o resto das equipes, por isso temos que trabalhar duro para ajustar tudo e certificar que as coisas vão bem”.

Trulli, que largou em 252 GPs entre 1997 e 2011, disse que a atração única de ser um proprietário/piloto o convenceu a voltar a correr.

“Para ser honesto, eu não sentia falta de corridas”, disse ele. “Eu não pilotei durante todos esses dois anos. Eu não pensei nada sobre isso. Só estou fazendo isso para ajudar a lançar a equipe e certificar de que ela está crescendo, e que começamos este desafio da forma adequada”.

Trulli, cuja melhor classificação até agora foi um quarto lugar, vai levar uma penalidade de grid de 10 posições na próxima rodada da Formula E em Miami, por uma troca da caixa de marchas.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.