F1 – Vettel: Fim do GP da Alemanha é por “notas de dinheiro”

GP da Alemanha

Sebastian Vettel acha que a morte do GP da Alemanha é uma questão de “notas de dinheiro”. Com o Vietnã e Zandvoort se juntando ao já movimentado calendário para 2020, parece que Hockenheim será sacada.

“Já tivemos essa situação antes”, disse o alemão Vettel, que guia para a Ferrari, em Hockenheim. “Depende se encontrarmos alguém que possa investir mais dinheiro”.

“Felizmente a Mercedes fez isso este ano, por isso é ótimo que ainda estejamos aqui. Para o futuro, não sei como será”, declarou ele à emissora alemã RTL. “Além do fato de eu ser alemão, vejo a Alemanha como um lugar onde os fãs ainda têm um grande apetite por corridas”.

“É um lugar onde a indústria do automóvel desempenha um papel muito importante. Não é a primeira vez que certas pessoas pensam de forma diferente e basicamente só têm notas de dinheiro nos olhos”, concluiu Vettel.

A chance de permanência seria se os projetos previstos falharem. O oficial de Hockenheim, Jorn Teske, declarou: “Em circunstâncias normais, se Zandvoort e Vietnã estiverem prontos a tempo, então nossa chance para o próximo ano é mínima”.

“Mas mesmo tendo uma corrida dessa forma não é certamente a nossa solução preferida. O objetivo deve ser alcançar uma solução de médio prazo”, acrescentou.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.