F1 – Vettel derrota Hamilton no GP da Austrália

Sebastian Vettel e Lewis Hamilton

Sebastian Vettel tirou vantagem de um safety car no meio da corrida para roubar a vitória de Lewis Hamilton no GP da Austrália, abertura da temporada 2018 da Fórmula 1.

O piloto da Ferrari estava em terceiro no primeiro trecho, mas ficou mais tempo na pista do que seu companheiro Kimi Raikkonen e seu rival da Mercedes, e um período de bandeira amarela pouco antes de seu pit-stop o beneficiou bastante.

Vettel suportou com tranquilidade a subsequente tentativa de recuperação de Hamilton, que chegou a sair da pista, para vencer com quase seis segundos de vantagem, e Raikkonen aumentou a alegria da Ferrari completando o pódio em terceiro.

Hamilton manteve a ponta na largada e se defendeu de um ataque de Raikkonen na curva 3 antes de abrir uma confortável vantagem de quase quatro segundos,

A ultrapassagem de Kevin Magnussen sobre Max Verstappen por fora na curva 1 deu aos três primeiros a chance de abrir uma boa diferença, e a prova estava se tornando uma procissão no stint inicial.

O carro de Verstappen parecia instável atrás da Haas e ele reclamou do aquecimento dos pneus traseiros, que se manifestou de maneira dramática com uma rodada na curva 1. O holandês caiu para oitavo.

A única outra mudança antes das paradas foi a escapada de Carlos Sainz na curva 9, permitindo que Fernando Alonso subisse para a nona colocação, mas a corrida mudou completamente com os dois pit-stops da Haas.

Magnussen parou na curva 3 com sua roda traseira esquerda solta, e seu companheiro Romain Grosjean sofreu um problema similar na volta seguinte, quando uma falha em sua roda dianteira esquerda obrigou o francês a parar imediatamente na saída da curva 1.

Isso provocou o safety car virtual que favoreceu a Ferrari, que aproveitou bem sua vantagem de dois contra um sobre a Mercedes, chamando Raikkonen cedo a fim de que Hamilton tivesse de parar uma volta depois para se proteger da vantagem dos pneus novos do finlandês.

Vettel permaneceu na pista por mais várias voltas, e com o safety car virtual acionado, ele pôde fazer seu pit-stop enquanto os outros circulavam lentamente e saiu logo à frente de Hamilton, transformando uma desvantagem de nove segundos em liderança.

O safety car real logo substituiu o virtual e a prova ficou neutralizada até a volta 32, dando a Hamilton 26 voltas para ultrapassar Vettel.

A diferença se manteve em cerca de um segundo durante grande parte do tempo, mas quando Hamilton partiu definitivamente para o ataque a 12 voltas do final, ele errou a freada na curva 9 e deu um pequeno passeio pela grama.

Isso o deixou quase três segundos atrás, e apesar de ter entrado brevemente dentro da zona do DRS quando restavam cinco voltas, ele reclamou do aquecimento dos pneus traseiros e perdeu terreno mais uma vez.

Raikkonen manteve Daniel Ricciardo sob controle para chegar em terceiro, enquanto Alonso – outro que se beneficiou muito com o safety car no meio da corrida – garantiu o quinto lugar mesmo com a intensa pressão de Verstappen.

Nico Hulkenberg obteve uma discreta sétima posição para a Renault, perseguindo Alonso e Verstappen nos estágios finais.

A recuperação de Valtteri Bottas do 15º lugar no grid foi impulsionada pelo safety car e ele tirou a oitava colocação de outro beneficiário, Stoffel Vandoorne, com uma boa ultrapassagem na relargada. O finlandês se aproximou de Hulkenberg, mas não conseguiu passar e acabou sendo pressionado por Vandoorne.

O último ponto da abertura da temporada ficou com Carlos Sainz, que segurou Sergio Perez apesar de relatar que estava sentindo náusea no terço final da corrida.

Classificação da prova:

Pos. Piloto Equipe Voltas
1 Sebastian Vettel Ferrari 58
2 Lewis Hamilton Mercedes 58
3 Kimi Raikkonen Ferrari 58
4 Daniel Ricciardo Red Bull/Renault 58
5 Fernando Alonso McLaren/Renault 58
6 Max Verstappen Red Bull/Renault 58
7 Nico Hulkenberg Renault 58
8 Valtteri Bottas Mercedes 58
9 Stoffel Vandoorne McLaren/Renault 58
10 Carlos Sainz Renault 58
11 Sergio Perez Force India/Mercedes 58
12 Esteban Ocon Force India/Mercedes 58
13 Charles Leclerc Sauber/Ferrari 58
14 Lance Stroll Williams/Mercedes 58
15 Brendon Hartley Toro Rosso/Honda 57
16 Romain Grosjean Haas/Ferrari 24
17 Kevin Magnussen Haas/Ferrari 22
18 Pierre Gasly Toro Rosso/Honda 13
19 Marcus Ericsson Sauber/Ferrari 5
20 Sergey Sirotkin Williams/Mercedes 4

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.