F1 – Vettel defende seu chefe na Ferrari

Sebastian Vettel e Mattia Binotto

Sebastian Vettel defendeu seu chefe de equipe na Ferrari.

No final do ano passado, provavelmente por causa de outro fracasso no campeonato mundial, Maurizio Arrivabene, ex-chefe da Ferrari, foi demitido. Ele foi substituído pelo diretor técnico Mattia Binotto, cujo estilo bem mais aberto e relaxado tem sido elogiado pela imprensa.

Porém, a Ferrari continua enfrentando dificuldades na pista e agora corre o risco de ser batida não só pela Mercedes, mas também pela Red Bull-Honda.

Portanto, quando lhe pediram para avaliar se Binotto é uma aposta melhor do que Arrivabene, Vettel disse: “Eu não creio que é justo comparar os dois”.

“Todos os anos e situações são diferentes. A situação não é fácil. Nós não tivemos a primeira metade de temporada que esperávamos. Mesmo assim, a equipe inteira se manteve focada e calma”.

Quanto a Binotto, Vettel comentou: “A função dele é diferente, mas a equipe está muito parecida com 12 meses atrás. Porém, acho isso positivo”.

“Nós temos de melhorar, nos tornar mais fortes como equipe. Só os próximos meses irão mostrar se escolhemos o caminho certo. Mas Mattia está indo muito bem e mantendo todos unidos. Ao mesmo tempo, ele nos lembra de onde queremos chegar”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.